A mamata só aumenta: Léo Índio, sobrinho de Bolsonaro, se filia a partido político

Filiação foi a convite do senador Jorginho Mello (PL-SC). O primo dos filhos de Bolsonaro disse que quer “trabalhar pelo nosso Brasil”

O PL (Partido Liberal) filiou o assessor parlamentar Leonardo Rodrigues de Jesus, o Léo Índio. Os planos eleitorais desse sobrinho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ainda não foram divulgados, mas ele disse, em postagem no Instagram, que se coloca “a disposição para trabalhar pelo nosso Brasil”.

A filiação é a convite do senador Jorginho Mello (SC), que tem se destacado como membro da tropa de choque do governo na CPI da Covid-19 no Senado.

Próximo aos filho de Bolsonaro, seus primos, Léo Índio se mudou para Brasília no início do governo e ocupou alguns cargos comissionados no Congresso.

Trabalhou, por exemplo, no gabinete do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), mas deixou o cargo quando o chefe foi flagrado com dinheiro na cueca em uma ação da Polícia Federal em outubro de 2020.

Veja a postagem de Léo Índio comemorando seu ingresso no PL:

faria?

1 curtida

Trabalharia mais pelo Brasil mantendo o Carluxo bem ocupado sem surtar no twitter e causando crise institucional

Quer ficar perto do sogrão

será que tem idiota para votar nisso.
não é possível.

leo indio, macho de carlos bolsonaro, se filia a partido

*genro

A família toda ficando rica arrombando os cofres públicos.

*ativo de Carlos…