A queda nas candidaturas do PT a prefeituras de capitais em 2024

A um ano das eleições municipais, o PT hoje trabalha com a possibilidade de ter candidatos às prefeituras de 12 a 14 capitais do país.

Caso a previsão se confirme, será uma redução de pelo menos 1/3 em relação às 21 candidaturas petistas em 2020.

Naquele pleito, o partido de Lula não elegeu ninguém para comandar uma capital pela primeira vez na sua história — e só chegou ao segundo turno no Recife e em Vitória.

Até o momento, a legenda prevê disputar em 2024 as prefeituras de Aracaju, Belo Horizonte, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Maceió, Natal, Porto Alegre, Rio Branco, Teresina e Vitória.

Em 2020, petistas tentaram governar Aracaju, Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, Teresina e Vitória.

No final de junho, o Grupo de Trabalho Eleitoral do PT se reuniu pela primeira vez para discutir as estratégias para o pleito do ano que vem.

Coordenador nacional do GTE, o senador Humberto Costa disse ao Radar na ocasião ter certeza de que o partido vai crescer em número de prefeituras, porque 2020 “foi praticamente o fundo do poço”. O objetivo dos encontros, realizados quinzenalmente, eram chegar ao fim de setembro com um plano “minimamente traçado”.

Fortaleza, Porto Alegre e Natal são prioridades

o único erro é São Paulo

Erro em São Paulo porquê? PT não conseguiria a prefeitura da Cidade, o Boulos é o melhor pra assumir na cidade, muito bom ele não ser do PT e ainda ser de esquerda

desde a queda da dilma, o PT se queimou muito e quando o bozo ganhou, as coisas só pioraram, só ver dentro do congresso, mesmo luly ganhando o tanto de verme do PL que ganhou

As eleições de 2020 foi mais para marcar posição