Aluno comete suicídio na USP e coletivos denunciam negligência e racismo

Ricardo teria pedido ajuda da instituição, mas não obteve retorno. Coletivos como o Centro de Estudos Geográficos da USP usaram as redes sociais e mobilizaram manifestações para denunciar negligência e racismo por parte da universidade.

Ricardo teria avisado a instituição que iria se suicidar nas escadas do próprio bloco estudantil, onde residia e assim o fez. Moradores do CRUSP relataram, segundo o portal, que um guarda da Prevenção e Proteção Universitária da Universidade de São Paulo (PPUSP) e um profissional de segurança privada da Albatroz Segurança e Vigilância não impediram o jovem de pular ou sequer buscaram ajuda.

2 curtidas

lugarzinho podre
é o terceiro suicídio esse ano

3 curtidas

ouvi alguém dizer que isso acontece todo mês na UFRJ e eles proíbem de noticiar

1 curtida

putz gente :frowning:
forças aos familiares

1 curtida

Terceiro? Nossa

3 curtidas

é essa universidade que tem um prédio enorme e os alunos pulam de lá? contaram uma vez no fórum

1 curtida

Só na FFLCH? Mds

deve ser, tem suicídio de aluno lá todo mesmo msm literalmente…

sim

Gente? que coisa dark

1 curtida

Mas old q nas faculdades só existe alguma mobilização sobre essas coisas no Setembro amarelo, dps disso nd mais acontece

7 curtidas

A USP chupa tudo do estudante.

Segundo familiares e amigos, ele era vítima de racismo e bullying por parte dos professores e de outros alunos. O suicídio ocorreu depois de o universitário pedir ajuda à instituição de ensino e não receber.

O aluno da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) , alegava perseguições da parte de alunos e professores. Ele fez pedidos de ajuda por e-mail e cartas, mas segundo amigos de Ricardo, a USP não respondeu.

Terceiro caso
Esse é o terceiro caso de suicídio entre estudantes da USP em dois meses. Todos eram alunos de graduação da FFLCH.

https://outline.com/YAvpwe

1 curtida

Essas universidades públicas acham que fazer aluno sofrer é parte da formação, é grotesco como alguns professores se divertem em ver pouca gente passando nas matérias deles, se gabam disso como se fosse um prêmio, lembra exército e as formações doentias

23 curtidas

GNT, tô chocado. Eu estudava na EACH, há uns dois anos atrás teve uns 4 suicídios em dois meses, inclusive um professor, e é muito horrível quando isso acontece pq é como se um caso engatilhasse os próximos

E pouco se divulga sobre esses suicídios com a ideia de evitar outros, mas seria o melhor caminho mesmo? Quase um silêncio sobre essas tragédias. Não está na hora da sociedade encarar de frente as causas para tentar evitar concretamente novas vidas perdidas em vez de silenciar achando que simbolicamente vai evitar?

7 curtidas

essa é a UERJ

sim, se não tomarem uma atitude logo terão mais
se normalmente já influencia imagina nesse período tão ruim que a gente tá vivendo

tem um prédio vertical com escadas laterais e um vão enorme?