Âncora da CNN se emociona ao falar sobre racismo no Brasil e preconceito na região Sul

Mais cedo, a companheira dele, Luciana Barreto, que é negra também se emocionou ao falar sobre o caso dos Estados Unidos

2 Curtidas

Aí gente, não tem nem como não se emocionar

é marido dela? bonito

gente?

não posso elogiar? tanto ele como ela são um casal bonito.

Que reizinho empático. É muito importante que os movimentos saibam acolher os aliados das causas. Essa questão de local de fala acaba criando essa militância cega de que quando alguém quer fazer o bem, termina sendo repreendido por não estar inserido no grupo vulnerável

2 Curtidas

BRANQUELO
quem se importa com o choro dele?

os negros choram e ngm liga
o branco chora e o Brasil para

Fico muito triste. Infelizmente, em pleno 2020, as pessoas vivem como se estivessem em 1700. É inaceitável.
E nem venham dizer que não tenho local de fala. Sou BRANCO, mas tenho caráter e JAMAIS vou aceitar o racismo. É mais fácil até aceitar a LGBTQIA+fobia que o racismo, já que é algo que se começou a combater agora, o racismo, não.
Gente, é inaceitável. Po#&@, por que as pessoas têm preconceito com as outras por causa da cor da pele?
Crime de racismo, deveria ser crime de prisão perpétua.

1 Curtida

Companheira de bancada kkkkkkkkk

vish
esquece então

Kkkkkkkkkm

tadinho

kkkkkkkk