Anitta te incomoda? Há 30 anos, Madonna fez pior (melhor)

Livro ‘Sex’ chocou a sociedade, provocou discussão sobre prazer feminino e hoje é vendido como obra de arte

De tempos em tempos, Anitta suscita choque na tradicional família brasileira. A cantora declaradamente bissexual fala com quem transou, detalha o tamanho preferido de pênis, comenta fantasias, aponta com quais pessoas ainda quer fazer sexo, entre outras intimidades.

A música em espanhol ‘Envolver’, que a levou ao topo do Spotify e da Billboard, tem letra explícita. Alguns trechos: “Faz um tempo que quero te comer”, “E em cinco minutos você vai gozar”, “Sexo e álcool / O que acontecer, não sai daqui”.

Os conservadores se enfurecem com tamanha ousadia verbal e comportamental. Progressista na política, Anitta é execrada por direitistas e discípulos de Jair Bolsonaro. A funkeira já discutiu algumas vezes com o

Para que a cantora usufruísse de tamanha liberdade de expressão e autonomia sexual, outras famosas precisaram dar a cara a tapa em décadas passadas. Foram precursoras da luta contra o machismo, o sexismo e a misoginia. Madonna deu, sem dúvida, a maior contribuição.

A norte-americana de família católica, nascida e criada no conservador estado do Michigan, fazia um discurso ainda mais ousado na década de 1980, quando a pauta da equidade de gênero não tinha tanta força na mídia e na política. “Sou dura, ambiciosa e sei exatamente o que eu quero. Se isso faz de mim uma puta, ok”, dizia.

Em 1992, Madonna gerou um terremoto na sociedade global ao lançar o livro ‘Sex’, junto com o álbum ‘Erotica’. A obra com fotos dos celebrados Steven Meisel e Fabien Baron trazia a cantora em poses provocantes, sozinha e acompanhada, e imagens de nudez.

Uma “pornografia leve”, como definiram na época, com destaque para simulações de sadomasoquismo, homossexualidade, ménage à trois e orgias. Para ler, textos eróticos. ‘Sex’ foi um sucesso instantâneo, vendeu 150.000 cópias em 24 horas.

Considerado ‘imoral’, era vendido em uma embalagem lacrada para evitar que fosse folheado em público nas livrarias e bancas. Movimentos religiosos e grupos feministas se revoltaram contra a cantora. Parte da imprensa reprovou o conteúdo do livro. “Madonna foi longe demais”, escreveram alguns críticos.

Exatamente. A estrela pop ousou romper fronteiras, transgredir, desafiar as convenções daquele tempo e se projetar em um futuro menos opressor. Hoje, ‘Sex’ é considerado uma obra de arte, virou artigo de colecionador. Poucos exemplares são oferecidos na internet. Preço: R$ 2 mil.

Adolescentes e jovens que se acham modernos, hedonistas e libertários por fazer dancinha sensual no TikTok não têm ideia da importância de Madonna no passado para que hoje as mulheres e os membros da comunidade LGBTQIAP+ vivam a sexualidade com mais independência e respeito.

Se agora Anitta pode chacoalhar livremente a ‘raba’ nos clipes e shows, e incentivar o prazer sem culpa e o amor livre, Madonna foi obrigada a peitar o mundo a fim de abrir caminho por meio de músicas provocativas, figurino punk, comportamento vanguardista e a defesa inflexível do poder feminino.

@Anitters @Madgefans

13 curtidas

Escondam seus cachorros

vai render

A comparação descabida, vocês pedem né

17 curtidas

Morderia o mamilo?

auge comparer a anitta com madonna
senhor que mundo é esse

Falar com Jeff Benício do Site Terra.

telefone pelo 0800 777 9797

13 curtidas

por que descabida? qual a diferença entre o que as duas fazem?

esse recheio eu não abocanho

enfim, madonna fez tanto pra gay da bc ser machista e massacrar qualquer uma que mostre o cu demais atualmente. próximo tópico…

6 curtidas

Não amore, falo com o autor do tpc que fez esse bait e depois vai reclamar quando falarem um A da Anitta aqui

sim, duvido que a Anitta saiba o que é Bataille ou os livros que a Madonna leu pra fazer o Sex

5 curtidas

KKKKKKK

Uma fez um álbum/livro só sobre isso em uma época que nem internet existia da forma como conhecemos, se a Anitta tivesse feito um álbum conciso só sobre a temática caberia a comparação. O que a Anitta fez foi dar entrevistas polêmicas pra hitar na gringa, segundo a própria.

27 curtidas

Bem que o Versions of Me queria uns clipes ou performances tão boas quanto as da Madonna na era Erotica

detalhe, que a matéria parece mais zombar da cara da Anitta por ser uma medíocre tik toker que fala de sexo pra aparecer enquanto a Madonna tinha um discurso.
Por isso que eu falo que o Bruno é hater da Anitta kkkkk

4 curtidas

a foto

eu morro que vocês se doem muito com relatos sobre sexo que os outros fazem kkkkk isso deve ser falta mesmo, porque não é possível

2 curtidas

Lendas

Se tivesse forum de musica na epoca, Madonna teria levado comentários ainda mais machistas, mesmo revolucionando

Se os gays hoje são misóginos hoje em dia depois de tudo, imagina antes

4 curtidas

melhor que a sua com hétero que nunca vai te comer

2 curtidas