Anvisa recebe pedido de uso emergencial de vacina da Sinopharm contra a Covid-19


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, nesta segunda-feira (26), um pedido de uso emergencial da vacina Sinopharm contra a Covid-19. A solicitação foi feita pela empresa Blau Farmacêutica, que representa a vacina do laboratório chinês no Brasil.

O imunizante ainda não tem contrato com o Ministério da Saúde, mas já teve seu pedido de uso emergencial aprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no início de maio. É o quinto imunizante a ser incluído em uma lista da entidade desde o início da pandemia.

Uma aprovação pela agência de Saúde da ONU abre caminho para que a vacina possa ser distribuída pelo Covax Facility , o consórcio mundial organizado pela OMS para garantir um acesso mais igualitário aos imunizantes por países mais pobres.

Foram autorizadas para uso emergencial, pela OMS, as vacinas:

  • Pfizer/BioNTech
  • Oxford/AstraZeneca (lotes da Índia e Europa)
  • Janssen (Johnson & Johnson)
  • Moderna
  • Sinopharm
  • Sinovac (CoronaVac)

Com o flop da Sputnik V, acho que os goernadores vão apostar nela

Essa é a que mais aplicam na china. O hit vem.

Usam ela na Argentina e Uruguai também

1 curtida