Assassinos de Daniella Perez não foram ouvidos no documentário da HBO Max a pedido de Glória Perez: 'Contar da forma que aconteceu'

O primeiro trailer divulgado de “Pacto brutal: o assassinato de Daniella Perez” acaba com as dúvidas sobre se Guilherme de Pádua e Paula Thomaz, condenados pelo crime, seriam ouvidos ou não no documentário. A decisão foi tomada pelos diretores a pedido de Glória Perez. “Sempre quis contar da forma que aconteceu”, diz ela no doc.

Essa foi uma exigência feita pela autora para que ela autorizasse e aceitasse participar do projeto, que promete novas revelações sobre o crime ocorrido há quase 30 anos.

Após 30 anos, Guilherme Fontes posta com Gloria Pires e relembra par em ‘Mulheres de areia’: ‘Encontro de milhões’

Daniela Perez morreu no dia 28 de dezembro de 1992

Daniela Perez morreu no dia 28 de dezembro de 1992 Foto: Paulo R. Fonseca

Glória Perez não só aceitou falar sobre o assassinato da filha como foi ouvida durante vários dias. Ela ainda compartilhou com a equipe do documentário todo seu acervo sobre Daniella.

Num trecho do documentário, que estreia dia 21 no HBO Max, a autora mostra uma capa da extinta revista “Amiga” falando sobre o assassinato, com uma foto da atriz com Guilherme de Pádua, feita para a novela “De corpo e alma”. “Isso é muito mais agressivo do que as fotos dela no local. Isso aqui é continuar matando a pessoa”, diz Glória.

Gravação da novela

Gravação da novela “De Corpo e Alma”: Daniella Perez e Guilherme de Pádua, em 1992 Foto: Ricardo Chvaicer / Agência O Globo

4 curtidas

Pelo título devem mexer no que o assassino nunca falou né? que teve envolvimento com pacto, ritual… porque tem toda uma dinâmica dos furos nela, no matagal, no dia do assassinato, na limpeza do sangue…
uma coisa é certa, vão mexer nessa história e massacrar esse sujeito que tá sumido, muito que bem

18 curtidas

Exatamente

Mas não apenas ele como a Paula que inclusive processou a Gloria Perez por difamação

1 curtida

Espero que massacre mesmo esse monstro que atualmente é pastor? Se não me recordo bem

5 curtidas

Eu não consigo acreditar que uma pessoa que cometeu uma crime tão brutal como esse esteja solta

Esse caso é bem macabro vou assistir essa serie

e pelo que se sabe tanto um como o outro estão fazendo uma vida normal…

Ele virou pastor, não foi?

Pois é, os dois estao soltos

1 curtida

A justiça no Brasil realmente não existe

1 curtida

nem é melhor da palco pra essas pessoas mesmo só vai criar futuros políticos

Sim

que odio, eu nem sabia que eles estavam soltos

cade a justiça???

não sei se é pastor
mas dava testemunho de vida e igreja, já foi em manifestação bolsonarista, inclusive até se envolveu em polêmica com outra ex-mulher chamada Paula também, tipo perseguição da mulher aff

Ele virou youtuber… E pasme, ele tem 2 mil inscritos

1 curtida

Certíssima nao tem outro lado nessa história

só de pensar que esses vermes tão soltos por aí vivendo livremente e não passaram nem metade do tempo da pena…ódio da justiça desse país

6 curtidas

passaram só 7 anos presos

Basta ter “bom comportamento” na prisão que sua pena diminui e virar evangélico + aquela frase “todo mundo merece uma segunda chance” e voilà: assassino solto e com seguidores

eu morro com os dois mega em paz vivendo a vida deles super comum e ricos

um ainda é crente kkkkk a mulher virou uma mega madame né