Ativista entra com nova ação contra Sikêra Jr e pede R$ 100 mil de indenização

Depois de entrar com uma ação contra Sikêra JR na Justiça de São Paulo, ativista da comunidade LGBTQIA, Agripino Magalhães, decidiu mover mais um processo contra o apresentador da RedeTV! no estado do Amazonas. Ele pede também R$ 100 mil de difamação, calúnia e lgbtifobia.

O imbróglio envolvendo Sikêra e Agripino, que é suplente de deputado estadual por São Paulo, vem desde 2020 depois de uma sequência de falas consideradas preconceituosas do apresentador do Alerta Nacional no ar. Em maio deste ano, o ativista denunciou âncora por tê-lo chamado de ‘suplente de baitola’, ‘ventão’, ‘vagabundo’ e ‘giletão’.

Poderia ter arrancado mais se ele quissese já que esse lixo homofobico ganha 500 mil reais por mês apresentando aquele desseviço de programa diario

Mas enfim, torço muito para ele ganhar esse processo com certeza pois esse pseudo apresentador merece ir para o lugar que tinha que ir há séculos: O Limbo