Atuação da Semana: Michel Gomes faz estreia de gente grande

Na novela Nos Tempos do Imperador, Samuel tem uma vida sofrida, mas já vem demonstrando que sabe vivê-la de cabeça erguida e, principalmente, olhando para o lado positivo dos acontecimentos. E seu intérprete, Michel Gomes, soube dosar a construção narrativa da personagem, transitando entre a revolta com as injustiças e a meiguice no olhar, mostrando que há sentimentos.

Michel estreia como protagonista nas novelas num papel difícil, afinal o tema já foi abordado de várias formas na Globo: o escravo que se apaixona pela mulher branca. Embora trata-se de um clichê de nossa dramaturgia, Samuel é muito diferente do que se viu em outras obras, inclusive por seu senso de justiça e até pela forma de se entregar ao amor por Pilar (Gabriela Medvedovski).

O público de telenovela pode estar conhecendo agora o ator, mas ele já é conhecido por outro trabalho que fez grande sucesso na bolha dos espectadores de série. Como um dos protagonistas das primeiras temporadas de 3%, primeira série brasileira da Netflix, Michel segurou o rojão e fez bonito como par de Bianca Comparatto. Antes, ele já havia trabalhado em novelas, com trabalhos em Rebelde , Viver a Vida e JoiaRara. Agora, como mocinho, sua atuação é completamente diferente, em todas as nuances.

Samuel já começou Nos Tempos do Imperador com um desafio e tanto: com uma arma apontada para o seu ‘dono’, mas também o homem que é seu pai biológico. Como bom heroi de um folhetim, ele não teve coragem de cometer o crime, mas vem sendo acusado pela morte do próprio pai. Toda essa revolta e conflito ajudaram Michel na construção de um lado revoltado do protagonista da história.

Michel Gomes desponta como novo galã da Globo
Desde o primeiro capítulo ele se mostra um personagem revoltado em que o permite ao público enxergar a mágoa brotando - seja em suas atitudes de desafiar os donos da justiça, mas que a usam de foram errada, seja para discutir e até brigar pelo que acredita - tudo feito pelo tom de voz, mas também pela expressão facial, que ele muda em fração de segundo, como se fosse um animal selvagem.

O outro lado de Samuel nasce através de seu amor por Pilar, um sentimento puro, doce e quase infantil, a ponto dele esquecer do mundo quando está com a amada. Aqui, Michel empresta sentimentos fortes pelo brilho dos olhos e o constante sorriso de canto de lábio quando está ao lado da mocinha. Composição caprichada.

Estrear num formato como protagonista de novela não é tarefa fácil e o risco parecia alto. Mas, a tirar pela primeira fase de Nos Tempos do Imperador, Michel Gomes não apenas deu conta, como despontou como um novo galã para próximos trabalhos na emissora.