BEYONCÉ: Revista VEJA choca ao comparar Break My Soul a Summer Eletro Hits

fã da madonna sabe de longe reconhecer música ruim e datada mesmo
desde 2005 é o que eles tão recebendo

Sinceramente, não mentiu. Amo a Bey, mas é uma música dance genérica sim…

Esse aí é o Artpop

só faltou dizer que é música pra gay branco

O feat

O disco todo é melhor que essa bomba, né? Nem parece se encaixar no 4 de tão ruim que é.

Eu adorava summer eletro hits, então a música é ótima

Vcs alopram

‘Break My Soul’: Beyoncé abandona tom político com single genérico

Quatro anos após o lançamento do álbum Everything is Love, parceria com o marido, Jay-Z, Beyoncé liberou o single Break My Soul na madrugada desta terça-feira, 21, em todas as plataformas digitais. A nova canção mostra que a cantora abandonou o tom político antirracista presente em Lemonade (2016) para lançar um produto mais genérico e dançante. A primeira música do novo álbum Renaissance começa com uma batida eletrônica, uma lembrança direta à febre da dance music dos anos 2000, marcada na memória brasileira pelas coletâneas Summer Eletrohits, da Som Livre. E a letra, por mais motivacional que seja, remete a canções do R&B da mesma década. Break My Soul não é ruim, mas não é inovadora como Beyoncé costuma ser.

Como o título do álbum já entrega, Renaissance – que significa “renascimento” em tradução para o português – representa a vontade da cantora de recomeçar sua carreira após alguns anos mais focada nos filhos Blue Ivy, Sir e Rumi — todos frutos do casamento com Jay-Z —, e iniciar uma nova era como engajada diva pop. A mudança, portanto, não deixa de assinalar uma guinada. Por ser de Beyoncé, Break My Soul deve bombar no streaming e alcançar o topo das paradas (charts) de qualquer forma, graças à legião de fãs fiéis da cantora. Falta saber se o resto do álbum entregará o conceito almejado pela artista.

jfp

Sai do laranja @angelslikegaga

Muitas pessoas, incluindo gays básicas, passaram ANOS reclamando que a Beyoncé só militava, pagava de conceitual e não fazia mais música ‘‘leve’’ e despretensiosa.

Agora que a mulher faz uma música nesse estilo essas mesmas pessoas criticam ela e a chamam de genérica. Ou seja, criticariam ela de qualquer maneira.

4 curtidas

As pessoas só estavam procurando o que criticar KKKKKKK essa reação agora só provou isso.

5 curtidas

o que esperar da veja né gente?

1 curtida

Não acho que seja genérico. Odeio quem tenta taxar tudo que é dance como genérico, inclusive gays de fórum

1 curtida

lixo de música

Genérica não sei, mas esquecível com certeza.

A nova canção mostra que a cantora abandonou o tom político antirracista presente em Lemonade (2016) para lançar um produto mais genérico e dançante


A mulher não vai poder fazer mais nada sem ser cobrada militância? Pqp