Bolsonaro manda compararem seu ex-secretário Roberto Alvim (o que copiou discurso nazista) com Gilberto Gil