Brasil pode voltar a ter 'vida normal' em outubro, projeta UBS

Se mantido o ritmo esperado de vacinação contra o coronavírus, o Brasil pode atingir algum tipo de normalidade já em outubro e ampliar a reabertura econômica. A projeção é de analistas do banco suíço UBS, em relatório divulgado a clientes nesta semana.

A estimativa foi feita com base em dados de hospitalizações, vacinação esperada para os próximos meses e pirâmide etária brasileira. A expectativa, segundo o relatório, é que o Brasil consiga reduzir drasticamente as infecções e casos graves de covid-19 uma vez que a população de 30 anos ou mais esteja imunizada – o que os analistas preveem que pode acontecer até outubro com base nas doses anunciadas pelo governo.

Essa fatia de imunizados seria menor do que os 70% ou mais que especialistas avaliam como ideal para atingir algum tipo de “imunidade de rebanho”. Para que o Brasil chegasse a 70% da população imunizada, teria de vacinar também o grupo de adultos a partir de 20 anos.

No entanto, o relatório do UBS calcula que pode ser possível chegar ao que classifica como “imunidade de rebanho efetiva” quando o Brasil tiver vacinado uma fatia muito menor de pessoas, somente o grupo dos 30 anos ou mais, ou 56% da população.

Embora represente pouco mais da metade da população, o grupo a partir de 30 anos é responsável por mais de 95% das mortes, hospitalizações e internações em UTI. É sabido também que a covid-19 tem se mostrando menos letal em adolescentes e crianças.

“Assim, nomeamos a conquista da imunidade neste grupo [de 30 anos] e na população com mais de 60 anos como ‘imunidade efetiva’, permitindo que a atividade econômica se normalize”, escrevem os economistas Alexandre de Azara e Fabio Ramos, que assinam o relatório.

Até o momento, o Brasil vacinou com ao menos uma dose 17% da população, e pouco mais de 8,5% também com a segunda dose. Estão neste grupo sobretudo idosos acima de 70 anos e profissionais de saúde. Foram 54 milhões de doses aplicadas, segundo apuração do consórcio dos veículos de imprensa junto aos estados até a segunda-feira, 10.

4 curtidas

Pois aqui na cidade já tá tudo normal desde outubro do ano passado

1 curtida

acho q depois q voltar a normal a grande maioria vai esquecer o numero de mortos e vai voltar a chamar o bozo de mito

5 curtidas

Esqueceram de avisar na pesquisa que 7 entre 10 brasileiros já vivem uma vida normal desde que a pandemia começou kk

A conta não fecha

jurou KKKKKKK bem queria

Kkkkkkkkkk

1 curtida

Sonhar mais um sonho impossível

3 curtidas

de 2022?

1 curtida

eu pensava que era em agosto

a gosto de deus

1 curtida

@Coroners

1 curtida

Eu to morrendo de medo da economia melhorar um pouco e a aprovação ir lá em cima

Aqui a vida tá normal desde antes da pandemia

Doses que precisam ser aplicadas por dia para cumprir a projeção (1ª e 2ª dose):

Maio: 1,2 milhão

Junho: 960 mil

Julho: 1,3 milhão

Agosto: 1,1 milhão

Setembro: 1,1 milhão

Outubro e Dezembro: 1,9 milhão

Novembro: 1,96 milhão

Nada fora da realidade, basta ter vacina.

4 curtidas

o otimismo chocou até a Benedita

Pior que se calasse a boca e fizessem o trabalho deles era isso mesmo, mas do jeito que tá…

Acho que dezembro sim
Outubro não

Carnaval ano que vem podem se preparar que vai ter

Mesmo com a terceira onda ainda mais forte prevista pra Junho?

tomara, mas nem da pra ser otimista… já ta sem insuno para as duas vacinas que estão rodando o território nacional

Estamos vacinando ~500k por dia

Atualmente temos 40M vacinados com a primeira dose.
Se manter o ritmo (o que eu duvido), até outubro serão mais 75M com a primeira dose, totalizando
115M

Porém, pra voltar ao ‘normal’, o que conta é a vacinação completa. Não sei quantas doses estão sendo aplicadas diariamente, mas sei que o volume é menor do que a da primeira, então vamos supor que seja 400k (porque tem pessoas que não retornam, espaçamento maior entre as doses da Coronavac e da AstraZeneca, etc.).
Atualmente temos ~20M vacinados com a segunda dose, e com 400k por dia, até outubro seriam + 60M, totalizando ~80M

População BR: 211M

~38% totalmente vacinados

Coroners e Estatísticos, me corrijam se eu estiver errado.

Com ~38% vacinado e os casos e mortes controladas, acredito que dá “pra voltar ao normal”, apresentando comprovante de vacinação nos estabelecimentos. Coisa que não dá certo aqui rs.