Bruno Covas se licencia do cargo por causa do câncer, vice assume as funções de prefeito na maior cidade do país

O vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB) assumirá a maior prefeitura do país; tucanos veem ascensão com reserva

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decidiu se licenciar do cargo. Ele está se tratando de um câncer no sistema digestivo com metástase óssea. O vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB), assumirá a maior prefeitura do país.

Covas deixou o hospital na semana passada, e está sendo medicado em casa. Sua condição é considerada delicada pelos médicos que o atendem. Ele tem recebido alimentação venosa.

Ele foi tratado com quimioterapia e imunoterapia, mas a doença avançou no começo deste ano. Reeleito no segundo turno em novembro passado, o tucano vinha despachando do hospital e de casa, mas agora seu estado inspira mais cuidados.

Nunes, que era vereador, é ligado ao grupo do poderoso presidente da Câmara Municipal, Milton Leite (DEM). Entre tucanos, sua ascensão é vista com reservas, em especial da hipótese de o afastamento de Covas se estender.

No Palácio dos Bandeirantes, contudo, a avaliação do governo João Doria (PSDB), fiador de Nunes na chapa com Covas em nome de uma aliança maior para 2022, o vice tem recebido elogios por seu desempenho em reuniões e ações recentes na prefeitura.

Segundo boletim médico divulgado por sua assessoria na semana passada, o tratamento oncológico do prefeito, com um novo protocolo de quimioterapia em conjunto com imunoterapia, continuaria a ser feito, com aplicações de 48 horas a cada duas semanas.

Mas as sessões quinzenais de tratamento a que o prefeito vai se submeter que deveriam começar já neste fim de semana, foram adiadas. A equipe médica achou melhor esperar os resultados de novos exames e diz esperar retomá-las nesta semana.

O câncer do prefeito originou-se na cárdia, uma válvula no trato digestivo, e depois afetou também o fígado. Ele iniciou tratamento ainda em 2019 e evita, desde então, afastar-se de suas funções na prefeitura, limitando suas licenças médicas. No ano passado, ele foi reeleito para mais quatro anos de mandato.

Entre outubro de 2019 e fevereiro último, o prefeito fez oito sessões de quimioterapia. As lesões cancerígenas regrediram, mas não desapareceram por completo.

Em fevereiro, um novo nódulo no fígado foi descoberto. Na ocasião, a equipe médica disse que o câncer no sistema digestivo que ele trata desde 2019 conseguiu “ganhar terreno”, mas que ainda era menor do que o primeiro encontado há dois anos atrás.

No último dia 16, os médicos anunciaram que exames detectaram o surgimento de novos focos de câncer no fígado e ossos do prefeito.

1 curtida

Exatamente o que o Boulos falou que aconteceria, botaram o espancador de mulher na prefeitura que lindo

2 curtidas

isso quer dizer que o vice assume né?

2 curtidas

Sim, quando o Boulos criticava o vice o Covas falava que o prefeito era ele e não o vice pra escapar das críticas

Cara que ódio, irresponsável, nos jogou nas mãos dum bolsonarista corrupto.

São Paulo vai ficar na merda

3 curtidas

parabéns, paulistanos

aliás, to achando que ele vai m-word

Agora fudeu mesmo

1 curtida

parabéns a todos que votaram nesse aí kkkk
não sei como tiveram coragem

2 curtidas

meu deus amigo
forças

Espancador de mulher, pauta anti LGBT, envolvido em esquema de corrupção em creches…

2 curtidas

se tivessem eleito o boulos não estaria acontecendo isso
agora aguentem o ricardao

Não sei qual foi o objetivo do Dória de fiar esse cara como vice, vai se arrepender de alimentar esse radical e ele se aliar com o Bolsonarismo…

Ainda bem q a oposição da câmara aumentou, e qualquer coisa, até o PSDB pode ir para oposição em algumas pautas…

foi uma escolha difícil

nossa super

1 curtida

ai sofro, e ainda disseram que o Boulos não tinha cacife pra liderar uma cidade grande como São Paulo, sendo que ele nunca tinha sido deputado, ou algo do tipo… como se isso fosse motivo pra votar nesse Covas…

Todo mundo sabia que isso podia acontecer literalmente qualquer pessoa que acompanhou a luta do Covas contra o tipo de câncer que ele enfreta sabia que isso era uma possibilidade agora não dá pra reclamar torcendo pela recuperação do Covas e que ele retorne logo ao cargo apesar dos pesares acho que ele tem feito um trabalho aceitável na prefeitura sincronizado com o governo estadual

Câncer em metástase, agora pro sistema digestivo. Infelizmente é questão de tempo, só não divulgam isso em respeito…

É São Paulo, fica com Deus

Parabéns São Paulo agora vcs tem seu próprio Crivella

Essa culpa eu não carrego