Candidato do Novo em SP leva bronca de Amoêdo nas redes por elogiar Maluf e pede desculpas

Fundador e um dos principais nomes do partido Novo, João Amoêdo criticou publicamente o candidato da sigla à prefeitura de São Paulo, Filipe Sabará, por elogios feitos por ele ao ex-prefeito da capital paulista Paulo Maluf. Em uma postagem em suas redes sociais nesta quarta-feira, Amoêdo disse que a “citação de um político corrupto como exemplo de gestão é inadmissível”.

Paulo Maluf foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal por ter comandado um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro em obras na cidade.

Sabará deu a declaração ao programa Pânico, da Rádio Jovem Pan de São Paulo, nesta terça-feira, ao ser perguntado sobre o nome de um prefeito que teria se destacado no cargo.

  • Eu acho que o Maluf foi um bom prefeito. Teve as suas questões aí, de corrupção, foi condenado, mas fez muita coisa. Imagina São Paulo sem as obras do Maluf […] Tem o “rouba, mas faz”, mas, para a população, para a sociedade, imagina São Paulo sem as realizações do Maluf. Para mim, o Maluf foi o melhor prefeito - disse Sabará.

Logo após a repercussão, o candidato pediu desculpas por ter se expressado mal ao elogiar Maluf.

— Peço desculpas por ter me expressado mal na entrevista de ontem ao Pânico na (Jovem Pan). Não sou em hipótese alguma conivente com qualquer tipo de ato ilícito. O melhor Prefeito de São Paulo será o que fizer muitas realizações aliadas ao total respeito ao dinheiro público — afirmou Sabará.

Apesar do elogio a Maluf, Sabará foi secretário durante a passagem do atual governador João Doria pela prefeitura, entre 2017 e 2018. Agora, entretanto, o candidato faz críticas ao tucano.

O mico

corrupção só é ruim quando é o PT