Com 39 anos na emissora, Globo demite repórter na véspera do aniversário: 'Triste perder tudo isso'

Alberto Gaspar escreveu um texto de despedida após ser demitido da TV Globo. O jornalista permaneceu na emissora por 39 anos antes do desligamento realizado ontem. A demissão ocorreu nas vésperas de seu 64º aniversário, na próxima quarta-feira (13). O clima nas redações da Globo foi de velório.

Em texto publicado pelo colunista Flavio Ricco, do R7, o jornalista agradece aos colegas pelo trabalho na emissora e comentou sobre as “mudanças digitais” aceleradas durante a pandemia da covid-19.

Claro que é triste perder tudo isso, de repente. E não só para mim, pelas manifestações de carinho e de certa perplexidade que tenho recebido. Eu só tinha sido dispensado uma vez, na vida, numa escolinha de inglês onde fui dar aula, aos dezoito anos, e faltei duas vezes. Morava longe. Duas alunas continuaram tendo aula particular comigo. Em todos os meus outros empregos, a ruptura partiu de mim, sempre por não estar feliz com o que fazia. Nunca foi o caso, na Globo.

Pretendo continuar fazendo o que gosto, e há várias maneiras, para isso. Só não topo qualquer negócio, no mau sentido da expressão. Isso, quem me conhece, já sabe. Tudo pode mudar. A ética da profissão que me deu tanto, na vida, não. Em tempo: não declinei o nome das pessoas citadas só para não cometer injustiças com o número enorme de amigos que eu fiz, em todas as áreas da Globo. E a quem agradeço imensamente. Muito mais do que experiência, e até equipe de trabalho, amigos é que são tudo.

Gaspar entrou na Globo no início da década de 1980, sendo correspondente e cobrindo casos importantes para a emissora, como a morte de Tancredo Neves e as Diretas Já. Para o Memória Globo, Gaspar contou da vez em que cobriu, em 2008, quando Israel atacou a Faixa de Gaza.

Ari Peixoto, que trabalhou na TV Globo durante 34 anos, também foi demitido ontem. Os dois entraram para o grupo de jornalistas que deixaram a emissora recentemente, como é o caso de Luís Fernando Silva Pinto, Fernando Saraiva e Roberto Paiva.

A Globo tá em situação de barril mesmo

Aí gente tadinho

Esse e o outro sendo demitidos de uma hora pra outra foi péssimo mesmo

1 curtida

Pelo menos ja alcancou o tempo de aposentaodria inss