Consequence elege parceria de Lil Nas X e Megan Thee Stallion como melhor faixa de rap da semana

Depois de um lançamento que deixou eruditos conservadores agarrados a suas pérolas, Lil Nas X finalmente lançou seu álbum de estreia, Montero, hoje e revelou um artista completo confortável em sua verdadeira identidade. “Dolla Sign Slime” não é uma das muitas canções que revelam a alma do projeto, mas um banger assistido por Megan Thee Stallion direcionado diretamente a todos que previram a queda do rapper de 22 anos.

Aqui para dissipar todos os rumores e pessimistas, Lil Nas X usa a produção hino, dirigida por chifres de “Dolla Sign Slime” para falar o que quer. Enquanto se gabava de comprar todos os itens de luxo que vêm com um músico de sucesso, o nativo da Geórgia não deixa ninguém minimizar suas realizações. Quando ele cospe letras como: “Pensei que fosse pop, mas estalei em você n **** s / Agora estou com os sucessos como se fosse Babe Ruth”, ninguém pode contestar a verdade.

Hot Girl Meg segue seu exemplo, chamando todos os imitadores obcecados em derrubá-la e se gabando de suas curvas totalmente naturais (“Grosso, sem próteses adicionais / Tudo sobre mim veio da genética”). Provando que Megan é tudo pela igualdade, ela casualmente descreve rejeitar os homens da mesma maneira que seus colegas homens tradicionalmente faziam rap sobre as mulheres. “Senhorita um, pegue um, não sou nova na pesca”, ela se gaba.

Em um álbum que mostra Lil Nas X revelando Montero Lamar Hill para o mundo pela primeira vez, “Dolla Sign Slime” mostra que a jovem artista não se esqueceu de como se divertir enquanto enfrenta um dos mais confiantes MCs no jogo.

Hino demais mesmo.

Ja a faixa com a Doja deixou a desejar