Copenhague passa a oferecer de graça passeios em museus e refeições a turistas

Copenhague passa a oferecer de graça passeios em museus e refeições a turistas que participem de iniciativas verdes da cidade

A partir de 15 de julho, quem visitar a capital da Dinamarca e realizar atividades como ciclismo, viagens de trem ou esforços de limpeza — poderá ganhar passeios em museus, aluguel de caiaques, refeições e mais

Em contraponto a diversos destinos europeus que estão impondo restrições e taxas aos turistas, Copenhague resolveu fazer diferente e irá recompensar aqueles que tenham atitudes sustentáveis e amigáveis ao planeta durante seu tempo na cidade.

A partir de 15 de julho, os visitantes da capital da Dinamarca que participarem de iniciativas verdes como ciclismo, viagens de trem e esforços de limpeza, irão ganhar benefícios e acesso a passeios em museus e refeições gratuitas, entre outros. No projeto piloto que irá acontecer neste verão, mais de 20 atrações irão fazer parte do programa batizado de “CopenPay”. O nome foi inspirado na ideia de transformar a ação favorável ao clima em “uma moeda” para experiências culturais.

Alguns exemplos dos benefícios são: quem chegar de bicicleta ou trem em CopenHill – pista de esqui artificial construída no topo de um novo centro de gerenciamento de resíduos – poderá descer a colina de graça. Além disso, a National Gallery of Denmark realizará workshops para transformar resíduos plásticos em obras de arte, enquanto a Copenhagen Surf School oferecerá almoços gratuitos para surfistas que participarem de 30 minutos de limpeza de praia após as aulas de surfe.

“Devemos transformar o turismo de um fardo ambiental em uma força para mudança positiva”, disse ao The News York Times Mikkel Aarø-Hansen, presidente-executivo da Wonderful Copenhagen – organização de turismo da região. Segundo ele, um passo importante nesta transformação é "mudar a forma como nos movimentamos no destino, o que consumimos e como interagimos com os moradores locais”.

Um relatório realizado em 2023 pela Kanter – grupo de pesquisa de mercado de Londres – apontou que em média 81% dos consumidores querem agir de forma mais sustentável, mas apenas 22% mudaram de fato seu comportamento. Sendo assim, as recompensas poderiam ser um incentivo positivo.

“Nosso objetivo com o CopenPay é criar um efeito cascata”, diz Hansen. “Esperamos que ao mostrar o sucesso desta e de outras iniciativas, outras cidades ao redor do mundo sejam inspiradas a encontrar seu caminho para incentivar um comportamento turístico mais responsável – levando a um futuro mais sustentável para todos.”, acrescentou.

Confira as regras e os benefícios oferecidos no site oficial do programa.

https://www.nytimes.com/2024/07/08/travel/copenhagen-sustainable-tourism.html

2 curtidas

E no Brasil?

Assaltos e mortes

2 curtidas

queremos isso no Rio tbm

Ganha um tiro

Tem sorte se conseguir chegar vivo no aeroporto pra pegar o voo de volta

1 curtida

O soco nos espanhóis que estavam molhando os turistas com arminha de água.

Pensei que era a marca de chocolate

Dois meses muito tarde !

Não tem jeito: Europa melhor continente pra viver

Aí como eu queria viver na Dinamarca que odioooo manas, realmente deus tem seus preferidos neah pra deixar a gente ter nascido nessa pocilga

Dinamarca DIVA