CRÍTICA: Missa da Meia-Noite é boa? Conheça a nova série de terror da Netflix

Nova série de terror da Netflix, Missa da Meia-Noite estreia na plataforma de streaming nesta sexta-feira (24). Do mesmo criador de A Maldição da Residência Hill (2018), a produção mostra eventos milagrosos e presságios assustadores depois da chegada de um misterioso padre.

A trama começa quatro anos no passado. Enquanto dirigia bêbado, Riley (Zach Gilford) bateu o carro e acabou matando uma mulher. O homem, então, aceitou sua sentença e ficou preso durante esse período.

A história acompanha o retorno do rapaz à sua cidade natal. Na ilha pacata, os moradores são muito religiosos. Mas, durante seu tempo preso, Riley perdeu a fé --para desespero de seu pai, Ed (Henry Thomas).

No mesmo dia da volta de Riley, um novo padre chega à cidade. Em sua primeira missa na ilha, Paul (Hamish Linklater) avisa que sua passagem será temporária. Segundo o personagem, ele veio para substituir o monsenhor Pruitt, porque o homem idoso tinha ficado doente.

Sem sustos, o primeiro episódio acaba com um mistério. Depois de uma tempestade, outro evento sinistro impacta todos os moradores da cidade. A história é desenvolvida de maneira lenta, porém cativante e com um suspense intrigante.

Enquanto a série introduz os personagens e a cidade, começa a colocar dúvidas na cabeça do espectador sobre os moradores da ilha. A chegada de um novo padre, justamente no dia do retorno de Riley está longe de ser uma coincidência.

Dirigido por Mike Flanagan, a série de terror também conta com Rahul Abburi, Crystal Balint, Annabeth Gish, Annarah Cymone, Alex Essoe, Rahul Kohli e Kate Siegel no elenco. A primeira temporada, dividida em sete episódios, está disponível no catálogo da Netflix.

Assista abaixo ao trailer legendado de Missa da Meia-Noite: