Cruzeiro com Réveillon previsto no RJ tem surto de Covid-19 e retorna às pressas para o Porto de Santos

Ao todo, foram identificados 51 tripulantes e 27 passageiros com Covid-19. Navio deve permanecer atracado em Santos até a finalização da análise dos dados epidemiológicos.

O MSC Splendida alterou o roteiro inicial e atracou às pressas, nesta quinta-feira (30), no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, devido aos 78 casos de Covid-19 registrados em tripulantes e passageiros. A escala não programada ocorreu em meio ao cruzeiro de Réveillon, que partiu do próprio Porto de Santos e que teria a virada do ano no Rio de Janeiro. A MSC e a Anvisa ainda não se posicionaram sobre o assunto.

O navio partiu do Porto de Santos no último domingo (26) para uma viagem de 7 dias passando por Porto Belo, Balneário Camboriú, Rio de Janeiro, Ilhabela e Santos.

Porém, na terça-feira (28), os passageiros foram impedidos de descer da embarcação em Balneário Camboriú. A decisão foi tomada pela Anvisa por conta de casos de Covid-19 confirmados a bordo.

De acordo o cronograma original da viagem, o navio deveria seguir navegando na noite dessa quarta-feira e faria uma escala no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (31). Mas, o navio retornou ao Porto de Santos nesta quinta. A embarcação atracou no cais do Armazém 33, por volta das 3h30.

De acordo com a Anvisa, na última terça-feira, foi realizada uma fiscalização da embarcação pela Anvisa e pela Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina e Vigilâncias Epidemiológica e Sanitária do município de Balneário Camboriú. A empresa foi notificada para que fosse realizada a testagem de 100% da tripulação.

Ao todo, foram identificados 51 tripulantes com teste positivo para Covid-19. Além dos tripulantes, testaram positivo 27 passageiros . Foram identificados, ainda, 54 contactantes, ou seja, pessoas que tiveram contato com casos positivados de Covid-19.

Todas as 132 pessoas , casos positivos e contactantes, foram desembarcadas de acordo com as regras dispostas na Resolução RDC nº 574/2021 da Anvisa e com o plano de operacionalização elaborado pelo município de Santos e pelo estado de São Paulo, que prevê o transporte dos viajantes em veículos específicos. Após o desembarque, o monitoramento de todos os viajantes deve ser realizado pelos Centros de Informações Estratégicas em Saúde (CIEVs) das localidades de destino.

Ainda segundo a Anvisa, até o momento, não estão autorizados novos desembarques ou embarques e o navio deve permanecer atracado em Santos até a finalização da análise dos dados epidemiológicos pelas autoridades de saúde. A embarcação leva cerca de 4 mil pessoas a bordo.

Em nota, a Prefeitura de Santos disse que Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) de Santos, ligado à Secretaria Municipal de Saúde, até o momento não recebeu, por parte da Anvisa, a lista de pessoas que permanecerão na cidade. O monitoramento epidemiológico é feito apenas em quem permanece em Santos, seja em hospital particular contratado pela operadora de cruzeiros ou em isolamento em hotel, com assistência médica a cargo da operadora. Santos aguarda a chegada da lista para dar prosseguimento às diretrizes estabelecidas no protocolo municipal.

O g1 entrou em contato com a MSC, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

1 curtida

E o hospital de Santos tava lotado semana passada por causa da gripe.

@Coroners
Olha

Gente…

A omicron implorando pra hitar

E lá vamos nós

O navio partiu do Porto de Santos no último domingo (26) para uma viagem de 7 dias passando por Porto Belo, Balneário Camboriú, Rio de Janeiro, Ilhabela e Santos.

será que a doll rodrigo tava lá?

se depender dos brasileiros já é primeiro por 5 meses em 2022

Fui buscar remédio no posto e a moça falou que toda rede tá sem remédio pra gripe/covid

E eu moro na divisa de santos com São Vicente

Tem dinheiro nem pra navegar de canoa

Já tinha tido casos na viagem anterior, e mesmo assim a MSC tinha mantido a rota pra não perder grana. Passageiros também estavam relatando que a empresa estava CAGANDO pro uso de máscaras e o público classe média escrota igualmente não estava fazendo o mínimo. Nao adianta nada mudar o esquema de servir comida no buffet se eles socam um monte de imbecil doente num teatro fechado

3 curtidas

Morrendo que o navio ia passar nas cidades das billys @felipefrenzyy @Reymond

1 curtida

Old, essa merda devia se proibida. Só ver aquele cruzeiro de gays.

1 curtida

Xixa??? Eu sou super cadelinha de cruzeiro, mal vejo a hora de catar meu futuro marido e ir pra estreia do MSC Seashore KKKK

Coisa brega

Penah

O cruzeiro aqui m Maceió tbm foi interditado por causa d e surto de covid