Debora Bloch tem ajuda de psicanalista para viver mulher paraplégica em nova série do Globoplay

Para interpretar uma mulher paraplégica em “Dias perfeitos”, nova série do Globoplay, Debora Bloch teve a ajuda da psicanalista Maria Paula Teperino, que é cadeirante. Ela prestou consultoria e acompanhou algumas cenas no set.

Debora aparecerá também sem a cadeira de rodas, em flashbacks que mostrarão sua vida antes da lesão. Daí o motivo de não ter sido escalada uma atriz paraplégica.

Na trama, ela viverá a mãe do protagonista, Téo (Jaffar Bambirra), um estudante de Medicina psicopata que fica obcecado por Clarice (Julia Dalavia) e sequestra a moça. Fabiula Nascimento fará o papel da mãe da jovem. Felipe Camargo, por sua vez, será o pai.

Julianna Gerais interpretará a melhor amiga de Clarice. Estão no elenco ainda Clarissa Pinheiro, Elzio Vieira, Lee Taylor, Giovanni Venturini e Heloisa Honein, entre outros.

A série é uma adaptação de Claudia Jouvin do livro homônimo de Raphael Montes. A direção artística está a cargo de Joana Jabace.