Depois de Edir Macedo, líderes da Renascer também se vacinam nos EUA

Depois do bispo Edir Macedo, outros dois líderes evangélicos viajaram para os EUA na semana passada para tomar vacina contra a Covid-19.

Estevam Hernandes, 67 anos, e sua mulher, Sonia, 62, líderes da Igreja Renascer em Cristo e da TV Gospel, foram vacinados contra o vírus na semana passada, na Flórida.

Se ficassem no Brasil, de acordo com a idade, ambos deveriam esperar um bom tempo até chegar sua vez.

No próximo dia 5 de abril, São Paulo deve começar a vacinar pessoas a partir dos 68 anos.

No último dia 18, o bispo Edir Macedo e sua mulher, Ester, também tomaram vacina em Miami, como esta coluna publicou.

Porém, diferentemente de Macedo, o casal Hernandes não se comportou como negacionista desde o começo da pandemia, não espezinhou e nem duvidou da doença, tampouco a atribuiu a “Satanás”, como Macedo o fez em vídeo.

O líder da Universal acabou contraindo o vírus e teve de ser internado em São Paulo.

Apesar disso, os Hernandes também mantiveram cultos presenciais nas últimas semanas, a despeito do agravamento do contágio.

Macedo escolheu a vacina da Janssen (Johnson), segundo a coluna apurou. Os líderes da Renascer não revelaram sua escolha.

Apesar de já terem sido presos nos EUA, eles cumpriram toda a pena e hoje estão liberados para seu trabalho missionário naquele país.

Outro líder religioso que foi infectado pelo vírus foi Silas Malafaia, que está em confinamento após ter sido diagnosticado com o vírus.

Assim como outras igrejas, a Renascer também foi abatida pela pandemia e teve de fazer demissões em sua emissora de TV no ano passado, devido à queda nos dízimos e nas doações.

Que desejar reação ou vacina de vento vai levar ban :eyes:

tão certos, né? Pior é quem fura fila pra tomar vacina na frente de quem realmente precisa.