DIY Magazine coloca o Game Changer "Born To Die" em seu hall definitivo da fama e coloca Lana no patamar de Madonna e Prince

em pensar que a pitchfork chamou o álbum de orgasmo falso por achar que ela era um produto de gravadora nem um pouco autêntico e hoje chama a lana de maior compositora americana

Lana foi muito forte em não desistir, ela já surgiu sendo massacrada ao extremo

como disseram:

“Para cada jovem fã sendo levado pela atmosfera inebriante de Lana, havia um velho reclamando que a cantora não era REAL.”

1 curtida

esmurrou

Ela tá sendo muito aclamada pqp, se a mídia quiser pode dar um Grammy fácil pra ela na nova era

essa bancada podre do grammy só premia o clube da luluzinha de los angeles

born to die álbum mais influente do começo da década de 2010, e contra fatos não há argumentos

literalmente moldou o pop da segunda metade dessa década

Matéria perfeita, e ainda deixou claro que Norman e Ultra maiores da carreira

É ELAAAAAAAAAAA

EU SABIA QUE ESSE ALBUM IA ENVELHECER COMO VINHO

EU SABIAAAAAA

A Lana saiu dos trailers e de cantar em barzinhos, escrevendo demos sem parar e dando o album dela pro povo a conhecer

chegou ainda a lançar um album flop

e terminou por se tornar uma das artistas mais influentes da década e ainda tendo indicação a AOTY

tudo escrevendo sozinha as próprias músicas

Lenda Songwriter

1 curtida

MON AMOUR JE SAIS QUE TU M’AIMES AUSSI
TU AS BESOIN DE MOI
TU AS BESOIN DE MOI DANS TA VIE