DUDA NAGLE: Ator de Reis volta à infância como guerreiro bíblico: 'He-man com Thundercat'

Aos 38 anos, Duda Nagle voltou à infância ao interpretar o general Jotã em Reis. Fã de desenhos animados, o ator sonhava em ser um guerreiro e sempre andava com uma espada de brinquedo ao lado. Agora, na nova novela bíblica da Record, ele pode fazer isso de verdade. “He-man com Thundercat”, define, sobre as referências preferidas para o papel.

Na trama de Raphaela Castro, Jotã é o líder da exército israelita. Ele terá a dura missão de comandar os hebreus para defenderem seu território dos filisteus. Os monarcas ainda não engoliram o fato de que a região foi tomada por eles.

Por conta desse pano de fundo no folhetim, Duda Nagle teve a chance de interpretar o primeiro guerreiro na carreira: “Estou há alguns anos conduzindo minha carreira para esse lado de ação e efeitos especiais. Já fui policial, lutador de boxe, MMA, vale tudo, mas nunca um guerreiro. Nunca tinha feito uma cena de espada”, conta o ator ao Notícias da TV.

Treino e a empolgação de Zoe

Um guerreiro não é apenas feito de cenas com espada. Duda Nagle teve que treinar duro para aprender as coreografias da batalha épica que acontecerá nos próximos capítulos de Reis.

Enquanto as preparações presenciais ainda não aconteciam, ele usava a sala de casa para improvisar movimentos e falas. Zoe, a filha de três anos do ator com a apresentadora Sabrina Sato, se interessou pelo ofício do pai ao ponto de sempre pedir que ele mostrasse cenas “lutando com o malvado”.

A Zoe adorava ver [e dizia]: ‘Bota a cena de você lutando com o malvado’. Ela é viciada. Ontem voltando da escolinha fiquei botando cena das lutas [nos ensaios] e ela adora. Quer lutar espada comigo em casa.

Jotã ao lado de soldado israelita em Reis

Jotã ao lado de soldado israelita em Reis

Perrengue dos tempos antigos

Duda Nagle também experimentou um a amostra do que é viver durante uma batalha nos tempos bíblicos. Ele aprendeu a montar e desmontar acampamentos e encarou um sol de rachar durante as sequências.

As cenas de guerra foram feitas em uma fazenda em Itaguaí, no Rio de Janeiro, no meio do verão. E, parar piorar, o intérprete ainda mal conseguia se comunicar com os amigos e familiares nos momentos de pausa. O lugar não tinha sinal de internet.

“Eu, que sempre fui ativo no Instagram, do nada sumia e depois aparecia [nos Stories] já exausto. Quando rolava alguma especulação, eu tava tão cansado que dizia que ia ver depois. Ficava com preguiça de interagir”, confessa o ator.

Apesar dos perrengues, o artista ficou satisfeito com o trabalho em Reis. Pelo fato de ter realizado um sonho, mas também por ter conseguido trazer a filha para parte do mundo da atuação pela primeira vez.

Escrita por Raphaela Castro, Reis estreou na Record com a primeira temporada, A Decepção. A segunda fase, A Rejeição, ainda não tem previsão de quando entra no ar, e o título da terceira etapa do folhetim não foi divulgado.