E vamos de um novo adiamento: Pantanal vira 'novela-problema' com estreia indefinida e gravações atrasadas

Pantanal virou um problema para a Globo, que não informa qual é a nova data de estreia da novela das nove --antes alardeada para 14 de março. Por causa de dificuldades para gravar cenas que são consideradas primordiais para o remake, existe a possibilidade de Um Lugar ao Sol ser espichada até a primeira semana de abril.

O alto número de contágio de Covid-19 entre membros da produção, além de afastamentos devido ao vírus da influenza, é o atual maior inimigo do próximo folhetim do horário nobre. Mesmo com cronograma para gravar de segunda a sábado nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, os trabalhos ainda não avançaram ao ponto que a direção preestabeleceu.

Após adiar a estreia em duas semanas, o novo esticamento de Um Lugar ao Sol em mais uma semana passou a ser discutido. Com isso, a história de Juma (Alanis Guillen) passaria a dar o ar da graça em 4 de abril.

Segundo apurou o Notícias da TV, isso é possível com uma nova manobra que prejudicará ainda mais a novela de Lícia Manzo. Com edição e redução dos capítulos, principalmente, aos sábados, Um Lugar ao Sol teria que render mais seis dias à força.

Desde 15 de janeiro, a atual novela das nove já vem sendo sacrificada para a produção de Pantanal ganhar tempo. Pelo menos um bloco por dia da edição original é suprimido. Essa medida vai continuar, pelo menos, até o início de março.

Falta cenas que complementam externas
Até o momento, Pantanal tem aproximadamente 40% de suas cenas totais gravadas em externas. Todas foram executadas no Mato Grosso do Sul, em locações praticamente idênticas (quando não são as mesmas) às da versão original produzida pela extinta Manchete (1983-1999). Os trabalhos foram realizados ao longo de quatro meses, de setembro a dezembro do ano passado.


Cena de Pantanal gravada no MS em 2021

O grande problema são as cenas que precisam ser feitas em estúdios, no gigantesco MG4, que complementam as gravações no Mato Grosso do Sul.

Os ajustes nos roteiros ocorrem todos os dias, com algumas gravações derrubadas de última hora quando atores “positivam” no exame para Covid-19. Muitos só descobrem a doença devido aos rígidos protocolos impostos, pois chegam para trabalhar normalmente quando estão assintomáticos.

Outras pequenas indefinições também atrasam os trabalhos. Por exemplo, a Globo ainda não escolheu quem vai cantar a música de abertura da novela --que será a mesma canção usada em 1990 pela Manchete, composta por Marcus Vianna. Um novo cantor será escalado, e a direção deseja alguém com alta popularidade e alcance.

Por fim, a emissora acompanha de perto a situação da Covid-19 para bater o martelo e correr com os trabalhos quando a novela já estiver no ar. A definição da data do primeiro capítulo precisa ser feita ainda neste mês por questões comerciais. Assinada por Bruno Luperi, Pantanal deverá ter entre 160 e 180 capítulos.

Procurada pelo Notícias da TV, a Globo enviou o seguinte comunicado: “Assim como todas as empresas, a Globo está acompanhando diariamente a evolução da nova variante da Covid, atuando de maneira criteriosa e tomando medidas necessárias, tendo a segurança e a saúde de todos como prioridade sempre. A estreia de Pantanal, que segue gravando adotando todos os protocolos, ainda está sendo definida. Enquanto isso o público segue acompanhando Um Lugar ao Sol”.

é o que ela merece

ui vão espichar esse sono de novela?
quero uma novela boa logo
vem pantanal

ansioso pra ver o gostoso do drico na tv

Se não tivessem mandado diminuir ULAS não tavam passando por isso

13 curtidas

Bem feito, estou adorando ver o desespero da Globo

Se tivessem deixado Um Lugar Ao Sol até maio como previsto eles não estariam passando por esse sufoco vergonhoso

Parabéns a nova direção da Globo que simplesmente está errando a mão em muita coisa dentro da emissora

16 curtidas

Só um comentário;

Kkkkkk

A Globo matou 1/3 de ULAS, acabaram com o ritmo da novela, destruíram inúmeros subplots que deveriam acontecer e tudo feito as pressas.

Como se não fosse o bastante ainda terminaram de destruir o andamento da reta final com DUAS esticadas

essa emissora MORREU

8 curtidas

Nunca vi um autor ser tão desrespeitado pela própria emissora como a Lícia tá sendo, a Globo tem que no mínimo renovar o contrato dela com garantia de mais duas novelas das 21h pra fazer alguma justiça pra coitada

Eu sabia que iria deixar Pantanal para abril, na última semana de março tem dois jogos da seleção brasileira na faixa da noite que iriam prejudicar demais a estreia.

Pior que Um Lugar ao Sol está chatíssima logo nessa fase

Essa novela vai ser um mico, o público rejeita hoje em dia novela rural
Vai ser um tiro no pé

O karma
Antes tivessem deixado a novela com os 155 capítulos previstos originalmente
Agora temos aí um Frankenstein: 108 capítulos que vão ter que ser novamente editados pra durar mais um mês
Dá até pra perceber os cortes secos e remendos mal feitos em cenas nada a ver para gerar gancho

Essa novela vai ser uma piada.
O tema já é reijeitado pelo público de 2022

E quase ninguém mais vê novela.

Mataram ULAS ante do lançamento, não divulgaram direito e cortaram a novela pela metade agora se lascaram e que se lasquem mais

1 curtida

O surto de achar que novela rural vai bombar em 2022

Pior que apesar de as 3 novelas inéditas estarem fiascando, as novelas antigas reprisadas durante a tarde (O Clone e O Cravo E A Rosa) estão indo muito bem, fora o Canal Viva que só vive de novela e é top 3 da TV a cabo

1 curtida

Bem feito!!!

Gente, isso vai causar mais quanto tempo de ULAS? Eu não suporto essa novela chata. Minha mãe até parou de assistir. Não que Pantanal vá ser boa também, mas quanto antes elas passarem, melhor.

Eu não gosto mais de novela.
Ela se perdeu com a chegada da internet, porque também parece que os atores não sabem mais interprertar e todos os temas são ruins.