Em entrevista, Patrick Leonard - co-autor de Live to Tell, Like a Prayer, entre outros - conta como é trabalhar com Madonna

Patrick Leonard é co-autor de 4 musicas em The Immaculate Collection. Fim.

Bem, não o fim, mais como o começo do meio, em termos de vida e trabalho. Mas, se tudo o que você procura é uma justificativa para a inclusão na série World’s Greatest Songwriters da MBW, essa única frase deve servir.

O trabalho de Leonard com Madonna, que inclui uma grande presença em True Blue (1986, número 1 nos EUA e Reino Unido, mais de 25 milhões de vendas em todo o mundo) e Like a Prayer (1989, número 1 nos EUA e Reino Unido, mais de 15 milhões de vendas em todo o mundo), significa que na primeira e melhor compilação do maior pop star da maior era pop, ele tem créditos de composição em Live to Tell, Like a Prayer, Cherish e La Isla Bonita.

Ninguém, além da própria Madonna, tem mais créditos em seu LP de grandes sucessos de 1990, 17 faixas e 30 milhões de vendas.

COMO VOCÊ CONHECEU MADONNA E TERMINOU TRABALHANDO COM ELA?

Eu fiz o teste para a Victory Tour dos Jacksons, como tecladista, e acabei meio que quase musical dirigindo, porque ninguém parecia estar no comando.

Depois disso, Madonna estava montando sua primeira turnê, a turnê Virgin. O empresário dela ligou e perguntou se eu estaria interessado em ser MD, eu não estava. Mas eu concordei em falar com ela, e ela disse: ‘Eu nunca fiz isso, você estaria no comando, e eu prometo que não vou recuar’. E eu pensei, Ok, isso pode ser divertido.

COMO FOI SUA PARCERIA DE COMPOSIÇÃO COM MADONNA DESSA TURNÊ?

Houve uma lacuna nas datas, e eu fiz uma pequena reunião na minha casa, um churrasco. Mostrei a ela uma pequena faixa que comecei no meu estúdio, e que se tornou Love Makes The World Go Round, que acabamos tocando no Live Aid [Leonard tocou teclado para Madonna na Filadélfia]. Além disso, acho que foi em True Blue [1986 – e sim, foi].

Essa faixa nunca me pareceu nada, mas um pouco mais tarde, quando eu estava fazendo uma trilha sonora, tive uma ideia de música, que era a música de Live to Tell, e pedi a Madonna, como um favor, se ela escrevesse o Letra da música. Eu disse a ela que me daria uma vantagem se o nome dela estivesse nele.

Ela concordou em fazer isso, mas o pessoal do cinema acabou não me contratando, então se tornou a música dela e foi para True Blue. Essa é a versão do Cliff Notes, de qualquer maneira.

POR QUE VOCÊ ACHA QUE VOCÊ E MADONNA TIVERAM UM CLIQUE PESSOAL E PROFISSIONAL?

Bem, eu não sei se nós realmente tivemos um relacionamento pessoal; era uma relação muito profissional.

Mas eu acho, e talvez seja uma noção meio-oeste, você faz feno enquanto o sol brilha; se está funcionando, você continua fazendo isso.

Então fizemos True Blue, fizemos Like a Prayer, fizemos Breathless, e a partir daí ela foi em todos os tipos de direções [os próximos projetos de Madonna foram o livro Sex e o álbum Erotica associado] e eu também.

COMO FOI O PROCESSO DE ESCRITA ENTRE OS DOIS?

Meu processo continua o mesmo. Acordo bem cedo, entro, sento ao piano e improviso. Foi o que fiz na época e é o que faço agora. Eu encontraria algo, talvez uma sequência de acordes, ou poderia ter uma melodia, mas seria a noção de uma música.

Eu montava algo, geralmente apenas no piano, e então ela chegava por volta das 11, nós brincamos com o que precisava ser brincado, ela escrevia uma letra, ela cantava, e o no dia seguinte faríamos outra música, uma por dia.

E a coisa realmente louca sobre isso, e eu sei que isso já está por aí, ela só cantou essas músicas uma vez.

Quero dizer, ela não cantou as músicas de Like a Prayer mais de uma vez, nunca. Não houve re-takes, houve o vocal demo e esse foi o disco. Foi absolutamente extraordinário.

Fonte ‘People have asked, Can you write a hit? Answer: no. I mean obviously I can, but not because I’ve tried to.’ - Music Business Worldwide

5 curtidas

esse homem foi luz demais na carreira da madge

1 curtida

@Madgefans

1 curtida

Pelo amor de Deus imagina ter ESSAS no currículo.

1 curtida

Salvou a carreira da lenda

Like a prayer melhor single da Madonna

Lendária

3 curtidas

Gente

1 curtida

True Blue É um dos maiores e melhores da Madonna.

1 curtida

Like a prayer melhor música pop dos anos 80

Mas esse álbum vendeu bem aquém do q eu imaginava…

Bem aquém? Nossa o álbum vendeu 16m,sendo que naquela época apenas grande álbum blockbusters chegava nessas vendagens

Literalmente nasceu clássico esse álbum

1 curtida

Ele estava vindo de um álbum com 25kk

E algumas fontes dizem que vendeu 15kk WW o like a prayer

Quase metade e olhe que nesse álbum ela estava com a música da carreira

Ela podia voltar a trabalhar com ele no próximo álbum

E ele parece ser grato a ela, a julgar pela entrevista

1 curtida

Uma bela parceria mesmo.

E eles fizeram outros hinos depois. No ROL tem umas músicas Patrick/Madonna se não me engano.

Seria tudo mesmo se eles trabalhassem juntos novamente no proximo album da lenda. A lista de musicas que os dois fizeram juntos so tem hinos: LTT, LAP, Frozen, Nothing Really Matters, La Isla Bonita, etc

1 curtida

imagina você ter uma Live to tell e Like a Prayer no currículo
canetadas da carreira

1 curtida

A maior música pop do planeta. Eu quero mais uma parceria, Madonna é muito cuzona porra. Não faz sentido nenhum ela não travalhar com ele novamente. Não que vai uma lova LP da vida, mas sei que é uma parceria que da muito certo. Aff

1 curtida

parceria incrivel e memorável
live to tell hino

1 curtida

Este é o resultado qdo seu parceiro está sintonizado com vc. Ele sempre foi um queridinho pra Madonna, assim como o stuart price, q ela deu uma chance e ele aconteceu… William Orbit TB é outro…

melhor parceiro em que Madonna trabalhou, Patriick vc foi luz
Live to tell, precisa ser lembrada na proxima tour