Em Goiás, esposa adia enterro de pastor após ele prometer que ressuscitaria

Ana Maria de Oliveira Rodrigues, viúva de Huber Carlos Rodrigues, tentou impedir que o corpo do marido fosse liberado para o enterro após ele deixar um documento afirmando que ressuscitaria três dias depois da morte. O pastor faleceu na última sexta-feira (22), vítima de complicações cardiorrespiratórias, no município de Goiatuba, a cerca de 177km de Goiânia. Na carta, escrita em 2008, ele afirmava que teria sido informado pelo Espírito Santo sobre a ressurreição. O prazo descrito pelo pastor terminaria na última segunda-feira (25), às 23h30. Segundo informações do G1, a funerária da cidade afirmou que o corpo estava refrigerado em sala aguardando o prazo pedido pela viúva. Apesar de não registrada em cartório, a declaração foi assinada por duas testemunhas.

https://www.instagram.com/p/CVf_emzJJy9/

Lázaro ouviu a sua voz…

Meu professor de Direito Penal compartilhou e eu cai na gargalhada, ai pelo amor de Deus