Em guerra contra fake news, GloboNews prepara maior cobertura da história das eleições

A GloboNews já montou sua equipe para realizar a cobertura das eleições. O canal pago tem afirmado que esse será o maior trabalho feito durante a corrida eleitoral para os cargos de presidente, senador, deputado federal, deputado estadual e governador. Para oferecer todas as informações aos telespectadores, a emissora escalou um enorme número de profissionais, tendo como objetivo impedir que as pessoas sejam contaminadas por fake news.

“Em um ambiente polarizado é mais propício o surgimento de Fake News, notícias falsas, fraudes, disseminadas intencionalmente com o objetivo de confundir e desinformar. Aí é que o papel do jornalismo profissional se faz ainda mais relevante”, explica a assessoria de comunicação da Globo.

A empresa destaca que todo o trabalho precisa ser guiado pela isenção para que os assinantes possam ter confiança na cobertura jornalística do veículo de comunicação.

“A informação apurada, isenta, de qualidade, é o único caminho seguro para a manutenção da nossa democracia. A Globo vai usar toda a força de seu jornalismo e de suas afiliadas para fazer uma cobertura ágil e extensa das eleições, com conteúdos em todas as plataformas, tanto para a TV Globo, para a GloboNews, como no G1, permitindo que os eleitores tenham acesso informação segura e personalizada, onde e como quiserem”, acrescenta.

“Todo o trabalho da GloboNews vai ultrapassar a barreira da TV fechada. A emissora promete uma cobertura multiplataforma. “A cobertura inclui séries especiais, entrevistas e debates com candidatos. O g1 abriu a primeira rodada de entrevistas do Jornalismo da Globo com os pré-candidatos à Presidência da República no podcast ‘O Assunto’, conduzidas por Renata Lo Prete. A GloboNews estreou a ‘Central das Eleições’ essa semana com entrevistas com os pré-candidatos à Presidência da República”, detalha.

“Em agosto, o programa passa a ter edições semanais sobre pesquisas e análises com a participação do recém-contratado reforço do time de comentaristas, o Mauro Paulino, que levará para o público seu olhar sobre as tendências das pesquisas eleitorais e de como os fatores econômicos e sociais influenciam as intenções de voto. A partir de setembro, a ‘Central das Eleições’ passará a ser diária”, completa.

GloboNews e a maior cobertura da história

imagem-texto

Com uma equipe pronta, a GloboNews afirma que fará “a maior cobertura de eleições da história” do canal. “Desde o início do ano, os programas semanais vêm realizando entrevistas com pré-candidatos e com personalidades importantes do cenário político brasileiro”, comenta.

“Ao longo do primeiro semestre, o canal adaptou sua programação para reforçar ainda mais a cobertura política. Em junho, a Andréia Sadi estreou à frente do Estúdio i e, a partir de 1º de agosto, a Julia Duailibi e Tiago Eltz passam a comandar um novo jornal que irá ao ar das 16h às 18h. No digital, a GloboNews lançou a série ‘Eleições de A a Z’, onde o repórter Nilson Klava explica conceitos políticos de forma clara e objetiva para ajudar os eleitores a entender o processo eleitoral brasileiro. E a partir de setembro, Nilson Klava dividirá o comando de um quadro no ‘Central das Eleições’ com Fernando Gabeira, onde eles explicarão, direto do Congresso, o que faz um deputado, a importância do cargo e os diferentes perfis de candidatos”, conclui.

o contrato com a @choquei

GloboNews continuando a ser a rainha do jornalismo, seguido da BandNews que também faz um ótimo jornalismo