Emily in Paris recebe criticas do Ministro da Cultura ucraniana + boicote de franceses por retratar o lado obscuro dos europeus

O tempo fechou para Emily em Paris! A série original Netflix, com Lily Collins no papel principal, foi alvo de críticas por conta do estereótipo de uma personagem. Na série, Emily (Lily Collins) conhece Petra (Daria Panchenko), uma ucraniana que não entende de moda e não fala muito bem nem inglês e nem francês… - Veja mais em Emily em Paris: Ministro da Ucrânia critica personagem da série

A nova temporada de “Emily in paris” também mostrou o lado obscuro do país, onde europeus são mal educados e preconceituosos com estrangeiros, outra coisa que os cidadãos não gostaram no enredo da série foi mostrar que eles não são muito adeptos ao banho.

pena

kkkkkkkkk, se parisienses estão tristes, eu estou feliz.

Série do milênio.
Parisienses lixosos

2 curtidas

não mentiram em nada

franceses porcos

que pena
terceira temporada praticamente confirmada kkkk
pode vir emily

O chão imundo. A matéria mostrando a realidade obscura

Se doeu é porque não mentiram…

ela irrita os franceses e os twitteiros
essa emily é mt diva

kween

É porque europeus são gentis, educados e amam banho.

O francês fazendo omelete e deixando a panela suja para usar outras vezes com a desculpa de que a sujeira dá um gostinho especial me chocou.