Empresário mata mãe, sogra, esposa, filho de 14 anos e se mata por possível dívida de R$30 milhões no RS

As vítimas da chacina familiar ocorrida na manhã desta quarta-feira em um sobrado de três andares no bairro Santa Tereza, em Porto Alegre , podem ter sido dopadas, pois não houve reação delas antes de serem executadas a tiros nas camas. O crime ocorreu em um condomínio residencial de luxo na rua Dona Maria. De acordo com o titular da 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (4ª DPHPP), delegado Rodrigo Pohlmann Garcia, a possibilidade ainda precisa ser confirmada com exames do Instituto-Geral de Perícias (IGP), que recolheu medicamentos no imóvel, inclusive antidepressivos.

O autor dos disparos foi um empresário, de 44 anos, que se matou depois de atirar na esposa, de 45 anos, no filho de 14 anos, na mãe de 79 anos e na sogra de 81 anos. Uma outra pessoa, que seria empregada, escapou por estar no primeiro pavimento, enquanto as vítimas estavam no andar superior.

“Duas pessoas estavam mesmo quarto: a sogra e a mãe. Uma delas recebeu o primeiro disparo. A sogra teria, em tese, se acordado e aparentemente foi se defender… Ela tem uma lesão na mão”, relatou Garcia, considerando a única exceção em relação à falta de reação das vítimas.

Depoimentos

O trabalho investigativo da 4ª DPHPP incluirá o depoimento da pessoa que escapou de ser morta pode ter visto algo, além de parentes, amigos e vizinhos das vítimas, entre outras diligências, visando chegar até a motivação do crime. “Estamos acompanhando a perícia do IGP”, complementou o delegado Garcia. “Duas espingardas calibres 12 podem ter sido utilizadas no crime em princípio”, adiantou.

“Na apuração preliminar, a gente verificou que teria ocorrido uma outra motivação que não a questão do convívio familiar. A princípio, não está relacionada à violência doméstica ou familiar”, afirmou por sua vez o diretor da Divisão de Homicídios do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Eibert Moreira Neto. Uma das hipóteses a ser investigada é a situação financeira do empresário, que era dono de uma distribuidora de alimentos em Canoas.

Já o comandante do 1º BPM, tenente-coronel Eduardo Michel, confirmou que as duas espingardas calibres 12 foram apreendidas no local. As armas foram encaminhadas ao Instituto-Geral de Perícias (IGP).

“Cada vítima estava em seus cômodos. Estavam deitadas nas camas”, observou o tenente-coronel Eduardo Michel. Os vizinhos, frisou o comandante do 1º BPM, declararam que o empresário era “uma pessoa tranquila”. Um primo da esposa do autor do crime, de 63 anos, esteve no local. “Foi uma surpresa”, lamentou.

Cinco pessoas da mesma família foram encontradas mortas dentro de um condomínio de luxo em Canoas (RS). Otávio Júnior, de 44 anos, matou a esposa, o filho, a mãe e a sogra e depois tirou a própria vida. A principal suspeita é de que uma dívida de R$ 30 milhões do empresário teria motivado o crime. O Balanço Geral conversou com o delegado Rodrigo Pohlmann, que falou sobre o crime. Acompanhe!

1 curtida

MDs do céu, o motivo seria uma dívida de 30 milhões, ridículo do krlh

Nossa, teve um caso parecido com esse em 2016 acho

Meu Deus… pra que isso?

2 curtidas

E o motivo tinha sido dívida tbm :skull::skull:

1 curtida

1 curtida

a dívida de 30kk :chocada:

E dopou a família inteira antes, todos estavam na cama

1 curtida

Pq não se * sozinho? Que inferno!

3 curtidas

E foi em Porto alegre, não Canoas

só se falava nisso hoje aqui na minha cidade, até a vizinha veio comentar

Eu lembro desse, não foi o que jogou o filho pela janela?

1 curtida

Não me lembro, mas foi aqui no RJ inclusive. O cara matou a família inteira, esposa e filhos. Depois se matou

1 curtida

Não entendi o motivo de matar a família.
Herdeiros não herdam dívidas. Todos poderiam seguir suas vidas. É muito egoísmo…

12 curtidas

Ainda teria uma sexta vítima, só que o remédio que ele deu pra ela no dia anterior não fez efeito e ela acordou na hora dos tiros e chamou a polícia

@fierce coloca foto no começo

1 curtida

os males do capitalismo

coloquei

1 curtida

isso diziam q era mais comum nos estados unidos
la eles tem divida facil ne?
seja hospital ou por causa da faculdade
aqui brasileiro so tem divida pq nao sabe se planejar e compra bobagem parcelado

3 curtidas