Estudo revela três razões pelas quais a Netflix pode "perder" a guerra no streamin

Reinando de maneira soberana no streaming há uma década, a Netflix vem enfrentando novos concorrentes nos últimos anos. A longo prazo, é possível que ela “perca” essa guerra, de acordo com um relatório de analistas da Needham & Company, publicado nos Estados Unidos nesta semana.

Os analistas são céticos com relação às chances da gigante se defender de rivais como a Disney, Apple, Paramount e HBO. Uma pesquisa com 504 assinantes da Netflix na Terra do Tio Sam revelou os maiores desafios a serem enfrentados nos próximos tempos.

Em janeiro, as ações da empresa caíram quase 20% depois de reportar um volume fraco ao que se esperava com relação aos novos assinantes. A Netflix espera adicionar 2,5 milhões de novos a sua base ante 5,9 milhões do que os analistas projetaram. No último trimestre, adicionou 8,3 milhões de novos assinantes contra 8,5 milhões originalmente previstos.

O co-CEO da Netflix, Reed Hastings, reconheceu durante uma teleconferência ao longo da semana que “há mais concorrência do que nunca”. No entanto ele disse que o mercado de vídeo é “muito grande” e a execução da empresa está estável e cada vez melhor.

Assinantes da Netflix estão insatisfeitos, diz pesquisa

O motivo número um que pode fazer com que a Netflix fique enfraquecida na guerra de streaming é o fato dos seus assinantes estarem insatisfeitos. 31% dos entrevistados disseram que estavam “menos satisfeito com o conteúdo do que há um ano”. Esse é um sinal que a assinatura pode ser cancelada a qualquer momento.

Houve a percepção de que os clientes podem estar dispostos a assinar outros serviços de streaming. Com a alta demanda e opções a perder de vista, os consumidores acreditam que o conteúdo não está melhorando ao passo que o preço sobe. Este, inclusive, é o próximo item da lista.

A estratégia de preços da Netflix

De acordo com o estudo, os preços da Netflix representam uma “desvantagem” em relação ao demais porque a assinatura mais barata tem o direito de assistir ao mesmo conteúdo que aquela considerada premium. Na visão de analistas, isso é um erro.

A Netflix se baseia no número de dispositivos que as pessoas utilizam para aumentar o preço da assinatura, e o fato da tecnologia ser ou não 4K. Outros streamings rivais estão começando a oferecer diferentes tipos de pacote, como na tradicional televisão por assinatura.

Isto é, se você quer menos conteúdo, paga menos. Outros streamings também adotam a estratégia de ter publicidade em troca de pagar menos. A medida vem sendo lucrativa para alguns rivais nos Estados Unidos.

Aumento de preços

O relatório atestou que 41% dos entrevistados da pesquisa disseram que são “mais propensos a desistir da Netflix em 2022” por conta da decisão da empresa em aumentar a assinatura mensal. Os acréscimos vão de US$ 1 a US$ 2 e aconteceram pela última vez em janeiro.

Nos Estados Unidos, o pacote básico agora custa US$ 9,99 (antes US$ 8,99) enquanto o intermediário fica por US$ 15,49 (antes US$ 13,99) e o premium, US$ 19,99 (antes US$ 17,99).

Por aqui, o serviço subiu os valores em julho, com aumentos que foram de 18% a 22%. O plano premium, que dá acesso a quatro telas em resolução 4K custa R$ 55,90 (era R$ 45,90).

Acho q AINDA nao recebem esse golpe de cancelamentos em massa pq ainda é o streaming q oferece o maior numero de conteúdos q se popularizam entre as massas. Sem contar q saiu uma pesquisa que indica que a Netflix, D+ e Hulu são as q mantêm o menor número de cancelamentos do mercado. Mas se voltarem a meter a mão nos preços eles vão se fuder principalmente na america latina.

3 curtidas

Às vezes eu abro a Netflix e parece que eu estou abrindo um streaming do SBT, um monte de telefilmes ruins, tirando uma meia dúzia de filmes. A HBO Max tá muito mais atraente com um preço quase irrisório (eu entrei quando lançou naquela promoção de 50% de desconto pra sempre), e o Prime Video também muito melhor.

9 curtidas

Tem coisa boa no netflix, mas muita coisa escondida. Eles com a pandemia não conseguiram entregar muitas novidades. E eles pra agradar o público começaram a nivelar por baixo com séries requentadas.

1 curtida

As 3 são só uma: o preço

Netflix tá virando aquela locadora que de vez em quando tem novidade boa, o resto dos filmes você já assistiu ou não tem interesse e tem um amontoado de coisa velha. Enquanto outras plataformas de streaming não tem um estoque tão grande porém são novidades interessantes e as conhecidas você tem vontade de assistir novamente.

2 curtidas

Uma coisa que prejudica a Netflix em relação aos outros é justamente liberar de uma vez cada semana uma temporada de uma série ou algo ‘conhecido’ e no final as pessoas assistem tudo de uma vez e não tem longevidade na plataforma. Querendo ou não elas se forçam a pagar/acompanhar por algo que é afetivo e de fácil acesso (como simplesmente ligar a tv, dois toques no controle e tá ali a série pra assistir)

achie que iam citar a sério do senhor dos anéis como um argumento pra derrocada da netflix

Old que em breve estará embaixo dos pés da maioral HBO Max

Fato. Uma série vista semanalmente faz vc aproveitar mais o hype e engajar muito. Muitas das minhas séries favoritas da Netflix envelheceram muito rápido pq foram vista rapidamente comentadas e esquecidas. Essa estratégia deles acabam prejudicando. Série hits eles tem, mas falta hype pra elas.

2 curtidas

Só espero que não seja a Disney a derrubá-la, ninguém merece aquele lixo

Netflix tem um preço alto pra coisas sem qualidade

Passo o dia na netflix, o problema é que tem muita coisa que você tem que caçar msm. Aquela série “Cara Gente Branca” é perfeita do começo ao fim e não se vê quase ninguém falando sobre.

1 curtida

Ja dei uma ordem aqui em casa, se a assinatura aumentar 1 centavo, cancela pra sempre.
É surreal esse preço.

Não se vê ninguém falando nada sobre porque provavelmente foi muito falada quando saiu, mas todo mundo maratonou na época e morreu, e esse é o problema de lançar tudo de uma vez. Fora que lança de uma vez, todo mundo vê e passa uma semana, os spoilers estão em todo lugar, que nem Round 6.

Há semanas todo mundo tá falando de Euphoria e a série não terminou, a HBO tá conseguindo muito buzz soltando episódios semanais.

Falando em Euphoria vou assistir.