Faustão fala pela primeira vez sobre o seu transplante: 'Sinto o meu coração batendo mais forte, é algo único'

Fausto Silva deu sua primeira entrevista após o transplante de coração no domingo (27). Por volta das 7h30 de hoje (31), o telefone deste colunista de Splash tocou, e era ele, com a mesma imponência na voz que estamos acostumados a ouvir na televisão.

“Pode perguntar o que quiser. Estou me sentindo ótimo. Por mim, eu saía daqui amanhã, estou abismado com a minha recuperação. Não tenho nada para reclamar. Sinto apenas uma leve dor nas costas, é um detalhe perto de tudo que aconteceu”, disse ele em um papo exclusivo.

Faustão teve prioridade na fila do transplante. A cirurgia feita no último final de semana levou quase 3 horas para ser concluída pela equipe médica do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Bastante empolgado, Faustão conta que a sensação de ter um novo coração é inexplicável:

Sinto como se o meu coração batesse ainda mais forte, é uma sensação única. Tiveram que tirar um monte de entulho de dentro de mim, e colocaram um coração novo, de um garotão de 35 anos. É algo que me faz sentir muito vivo.Fausto Silva

Questionado sobre qual foi seu primeiro pensamento após acordar da cirurgia, Fausto elogia muitas vezes o trabalho dos médicos, e faz um apelo:

“O meu primeiro pensamento foi: eu preciso motivar a doação de órgãos. O Brasil tem que ser o primeiro lugar do mundo. Tem que existir mais projetos. Precisamos fazer alguma coisa para melhorar isso, e pensarmos nos próximos. Precisamos usar a fé na doação. Se eu não tivesse fé, não estaria vivo.”

Ainda na conversa, Faustão destaca:

"Ontem parecia que eu estava num dia normal na minha vida. Sentei, andei, conversei. É um absurdo poder fazer tudo isso. Só tenho a agradecer aos meus médicos e ao SUS. Tudo isso também é graças ao SUS".

Fausto continuou:

Não é porque eu tenho dinheiro que estou bem. Tudo isso que eu fiz também é feito no SUS, e isso precisa ser valorizado. É importante que todos se informem sobre, e essa será agora a minha missão.Fausto Silva

O apresentador encerra a ligação contando que a previsão é que ele fique ainda mais um período no hospital, mas faz um convite a este colunista: “Quando estiver em São Paulo, me avisa, e faremos uma pizza pra você lá em casa.”

Boletim médico

No fim da tarde de ontem (30), o Hospital Israelita Albert Einstein informou que o apresentador está conversando normalmente e já começou a fisioterapia.

“O paciente Fausto Silva continua evoluindo dentro do esperado. Está se comunicando normalmente e se mostra muito disposto, após 72 horas desde a realização do transplante de coração, ocorrida no último domingo, no Hospital Israelita Albert Einstein. A função cardíaca está normalizada e estável e, hoje, foram retirados o dreno e alguns cateteres, além de o paciente ter iniciado a fisioterapia”, diz o hospital.

O que aconteceu?

Internado desde 5 de agosto no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, Fausto Silva fez a cirurgia para receber um novo coração em 27 de agosto. O apresentador estava em diálise e necessitando de medicamentos para ajudar na força de bombeamento do coração, o que lhe colocou na lista de prioridades.

Segundo o Einstein, a Central de Transplantes do Estado de São Paulo contatou o hospital na madrugada deste domingo para informar sobre o coração para ser transplantado no apresentador. Após a avaliação de compatibilidade do órgão, a cirurgia foi realizada e durou cerca de 2h30.

Conforme a Central de Transplantes do Estado de São Paulo, durante a mesma madrugada, o sistema localizou 12 pacientes que atendiam aos requisitos para o transplante. Faustão, no entanto, ocupava o segundo lugar entre os casos prioritários.

Luciana Cardoso, 46, mulher de Faustão, publicou uma carta aberta de agradecimento nas redes sociais: "Nos mantivemos em silêncio, como é característica da família, até que a internação se tornou pública. A princípio, achamos que preservar o quadro clínico e a necessidade do transplante seria a melhor opção. Mais uma vez, as coisas tomaram outro rumo e o transplante foi anunciado por uma rádio. Com toda transparência que nos é característica, confirmamos a notícia".

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

1 curtida

Hmmm :thinking:

Que ele use a visibilidade que tem para enaltecer o SUS e ajude a conscientizar a população do quanto devemos nos esforçar pra melhorar o sistema e fazer dar certo!

14 curtidas

Ladrão de fila

O coração chegou pra ele de uma forma tão orgânica quanto os hits da Juliette chegam no topo do Spotify

Janja já convidando ele pra uma megra campanha para a doação de órgãos.
Nessas horas que esse povo vê que tem que aclamar o SUS mesmo.

Amo, quero ele indo na TV acalamar o SUS

Os recheios

O chute na Cris torloni

achei shade pra torloni

O que rolou

Ele está muito bem pela entrevista dada e que ele possa se recuperar melhor

Agora ele poderia fazer uma campanha massiva pro SUS que tem um atendimento bem respeitado e totalmente integro

É de tirar o chapéu a todas as pessoas que fazem um trabalho notório todos os dias em um sistema de saude que por mais algumas precariedades que se tenha, ainda consegue fazer um bom serviço para o povo brasileiro

faltou falar dos sacrifícios q foram feitos em nome dele

corta pra ele nas proximas eleições votando em algum filho do bolsonaro

pitico

Lenda

Deixa o homem se recuperar antes de exigir qualquer coisa, transplante é delicado

Fausto Silva deu uma de suas primeiras entrevistas após o transplante de coração no domingo (27).

“Pode perguntar o que quiser. Estou me sentindo ótimo. Por mim, eu saía daqui amanhã, estou abismado com a minha recuperação. Não tenho nada para reclamar. Sinto apenas uma leve dor nas costas, é um detalhe perto de tudo que aconteceu.” - Disse Fausto.

A cirurgia feita no último final de semana levou cerca de 2h30 para ser concluída pela equipe médica do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Bastante empolgado, Faustão conta com exclusividade a sensação de ter um novo coração. “Sinto como se o meu coração batesse ainda mais forte, é uma sensação única. Tiveram que tirar um monte de entulho de dentro de mim, e colocaram um coração novo, de um garotão de 35 anos. É algo que me faz sentir muito vivo.”

Questionado sobre qual foi seu primeiro pensamento após acordar da cirurgia, Fausto elogia muitas vezes o trabalho dos médicos, e faz um apelo. "O meu primeiro pensamento foi: eu preciso motivar a doação de órgãos. O Brasil tem que ser o primeiro lugar do mundo. Tem que existir mais projetos. Precisamos fazer alguma coisa para melhorar isso, e pensarmos nos próximos. Precisamos usar a fé na doação. Se eu não tivesse fé, não estaria vivo."

“Ontem parecia que eu estava num dia normal na minha vida. Sentei, andei, conversei. É um absurdo poder fazer tudo isso. Só tenho a agradecer aos meus médicos e ao SUS. Tudo isso também é graças ao SUS. Não é porque eu tenho dinheiro que estou bem. Tudo isso que fiz também é feito no SUS, e isso precisa ser valorizado. É importante que todos se informem sobre, e essa será agora a minha missão.” Fausto Silva

Fonte: Faustão após transplante de coração: Meu coração bate mais forte

Jfp

Palmas por ter valorizado o SUS.