Feministas radicais processam estado da Califórnia por colocar mulher trans em prisões femininas

Um grupo de feministas radicais transexclusivas (TERFs) abriu um processo contra o estado da Califórnia por colocar mulheres trans em prisões femininas.

A Frente de Libertação das Mulheres (WoLF), um grupo que se opõe à extensão dos direitos civis e legais às pessoas trans, abriu recentemente uma ação no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Leste da Califórnia, relatou Bakersfield.com . O processo afirma representar um grupo de mulheres encarceradas, bem como a Mulher II Mulher, outro grupo do TERF.

Os dois “grupos de mulheres” por trás do processo já fizeram parceria com um grupo de ódio radicalmente anti-LGBTQ.

Bicho, essas feministas radicais malucas estão no mundo todo.

Na Itália apoiaram conservadores contra projeto de criminalização de homofobia/transfobia pois incluíam identidade de gênero. Na Inglaterra, tão fazendo puta pressão. Agora no US…

Elas tem ódio mortal de qualquer ser humano que tenha pênis.

Eu queria ir no recheio, mas tenho medo de levar ban por machismo

1 curtida

parabens JK Rowling

5 curtidas

Uma curiosidade minha é sabe o que essa raça acha de homem trans

surtam tbm, quando o elliot page se assumiu publicamente atacaram horrores
falam que é por pressão social pra “”“mulheres lesbicas”"" serem homens (wtf) ou algo absurdo do tipo

Elas dizem que são mulheres que se perderam, foram vítimas de um machismo tão extremo que a única opção que sobrou foi querer ser homem pra sobreviver. È um absurdo atrás de outro.

1 curtida

Ela realmente conseguiu e o número só aumenta.

Movimento lgbt já era, pq é basicamente lésbica x mulher trans

E vocês achando que gays é que detestam pessoas trans dentro da sigla

2 curtidas

é bem dificil mapear essas coisas pq as rads q conheço nao sao misandricas (como disseram ali q toda rad odeia quem tem penis), existem varios niveis de radicalismo no radfem, acredito eu

JK Rowling é a presidente desse grupo

1 curtida

Temos q ver os 2 lados.