Filipe Ret faz contra-ataque em processo e pede indenização a vizinhos

Que Filipe Ret causa alvoroço entre a mulherada, não é nenhuma novidade. No entanto, isso não é exclusividade de suas fãs. O rapper também tem causado barulho no Poder Judiciário.

Para quem não se lembra, o cantor foi processado por um vizinho. Antonio Manoel e sua esposa, Monica Tavares, afirmaram que obras feitas pelo artista em seu imóvel causaram infiltrações no apartamento. Os problemas pioraram tanto que o gesso do quarto do filho do casal chegou a desabar. Somando danos materiais e morais, pediram R$ 36 mil de Ret.

Apesar da certeza sobre a situação, Ret providenciou a troca das telhas do telhado, mesmo sabendo que os problemas não vinham dali. Os problemas, no entanto, persistiram.

A história passa por uma virada a partir de um laudo citado por Filipe Ret. Nele, o engenheiro constatou que a umidade que causou todo esse rebuliço não vinha do telhado. Na verdade, ela vinha de uma parede comum aos imóveis.

Segundo o documento, o casal que criou o problema ao acrescentar um deck em sua piscina.

Após expor todos os fatos que viraram o caso de ponta cabeça, Filipe Ret tirou cartas da manga para tornar a história ainda mais surpreendente. Junto de sua defesa, o músico apresentou uma “reconvenção”. Vamos explicar: apesar de ser réu na ação, ele revidou e fez pedidos contra os autores, colocando-os como acusados em seu próprio processo.

Primeiramente, o músico buscou a improcedência dos pedidos feitos pelos autores. Além disso, pediu que os mesmos sejam condenados a pagar R$ 18 mil pelos danos materiais que eles o teriam causado, uma vez que seriam os verdadeiros responsáveis pela infiltração.

Diante de um processo injusto, Ret pediu danos morais de R$ 15 mil. No final das contas, Ret fez um contra-ataque de R$33.800. Essa disputa está tão emocionante quanto maracanã em dia de clássico!

2 curtidas

Morar em apartamento é um inferno

meu deus

me senti assistindo um ep de suits lendo a história

muito boa kkkk

Gostoso

Ele assim