Funcionária da Nike acusa Neymar de agressão sexual ocorrida em 2016, revela jornal

Uma funcionária da empresa Nike acusa Neymar de agressão sexual, ocorrida em 2016. Este teria sido o motivo pelo qual a marca de produtos esportivos encerrou o contrato com o jogador do Paris Saint-Germain em agosto do ano passado sem alegar um motivo. O compromisso ainda tinha mais oito anos de duração. O jornal The Wall Street Journal teve acesso a documentos e entrevistou pessoas ligadas ao assunto.

A funcionária da Nike disse a amigos e colegas que Neymar tentou forçá-la a fazer sexo oral em um quarto de hotel de Nova York, onde ela ajudava a coordenar eventos e fazia a logística para o atacante e sua comitiva. Funcionários da Nike, atuais e antigos, são citados nos documentos.

Neymar nega a acusação. "Neymar Jr. se defenderá vigorosamente contra esses ataques infundados caso alguma reclamação seja apresentada, o que não aconteceu até agora”, disse a assessoria do atleta, que justificou o fim do contrato com a Nike por motivos comerciais.

Segundo matéria do jornal americano, a funcionário da Nike registrou uma reclamação para a empresa em 2018 e descreveu o incidente para o chefe de recursos humanos e conselho geral, de acordo com as pessoas e os documentos. A Nike contratou advogados da Cooley LLP para conduzir uma investigação a partir de 2019 e decidiu deixar de usar Neymar no marketing.

A Nike encerrou seu relacionamento com Neymar em 2020 depois que o atleta não cooperou com a investigação de Cooley, segundo depoimentos. “A Nike encerrou seu relacionamento com o atleta porque ele se recusou a cooperar na investigação, após alegações de irregularidades apresentadas por um funcionário”, disse Hilary Krane, conselheiro geral da Nike, em resposta às perguntas do jornal.

Krane disse que a Nike não discutiu o assunto publicamente porque “não havia um conjunto de fatos que nos permitiriam falar substantivamente sobre o assunto. Seria impróprio para a Nike fazer uma declaração acusatória sem ser capaz de fornecer fatos de apoio.”

A porta-voz de Neymar disse que os dois lados estão em discussões desde 2019. “É muito estranho um caso que deveria ter acontecido em 2016, com denúncias de um funcionário da Nike, só vir à tona neste momento”, disse.

podreee

1 curtida

meu deus

Nem li mas sei q não vai dar em nada

1 curtida

e isso choca alguém?
um lixo sendo um lixo

2 curtidas

Pior que esse lixo já fez dinheiro pra essa vida e mais umas 3

1 curtida

Nike foi muito correta em romper o contrato. Nojo desse homem

2 curtidas

e não choca

“Neymar Jr. se defenderá vigorosamente

https://www.google.com/imgres?imgurl=https%3A%2F%2Fmedia.tenor.com%2Fimages%2Fabbc4366df9dfc557b399b7b987ff334%2Ftenor.gif&imgrefurl=https%3A%2F%2Ftenor.com%2Fsearch%2Ftulla-luana-gifs&tbnid=WoALMvBqzZltQM&vet=12ahUKEwjn3JWFlOvwAhXjuZUCHajRD3IQMygBegUIARCuAg..i&docid=EhZwyPtTvJUkGM&w=220&h=181&q=gtulla%20gif&client=ms-android-xiaomi-rev1&ved=2ahUKEwjn3JWFlOvwAhXjuZUCHajRD3IQMygBegUIARCuAg

Kkk o Gif bugado

Resumindo: ele voltou da balada bêbado, mandaram uma funcionária da Nike pro quarto dele, onde ele tentou agarrá-la à força. Ela conseguiu fugir e ele saiu atrás dela pelado pelo corredor do hotel, tudo segundo a versão da mulher.

1 curtida

vai rolar mto textão no twitter pra salvar ele e demonizar a mulher

já sei que no final não vai dar nada pra ele

Gente será que era uma funcionária do alto escalão da Nike? Porque eu acho bem improvável que ficariam do lado da mulher se ela fosse uma qualquer.

2 curtidas

A Nike já rompeu com ele, já é alguma coisa

5 curtidas

Espero que seja bem investigado mesmo e se ele for culpado pague por isso, mesmo sendo quem é

1 curtida

melhor q nada

1 curtida

Será que não tem as imagens da câmera de segurança do hotel?

Não estou duvidando dela, agora seria bom ter imagens

enquanto isso ele aglomera no brasil

1 curtida