Gente e o Pedro do Flamengo que apanhou do preparador físico // O preparador foi demitido pelo clube

Preparador físico do Flamengo pede desculpas por soco em Pedro

Pablo Fernández agrediu o atacante por causa de um desentendimento no vestiário do Independência, minutos após a vitória sobre o Atlético-MG

Por Redação do ge — Rio de Janeiro

30/07/2023 12h50 Atualizado há 2 horas

O preparador físico do Flamengo, Pablo Fernández, pediu desculpas neste domingo pelo soco em Pedro. O episódio ocorreu na noite de sábado no vestiário do Independência, em Belo Horizonte, onde o time venceu o Atlético-MG por 2 a 1, pelo Brasileirão.

+ Quem é Pablo Fernández, preparador do Flamengo que agrediu Pedro
+ Sampaoli se pronuncia após soco de preparador em Pedro: “Única solução é conversa”

O integrante da comissão técnica de Jorge Sampaoli falou pela primeira vez sobre o assunto, visto que deixou a delegacia em Belo Horizonte em silêncio, assim como se manteve calado no desembarque no Rio de Janeiro na manhã deste domingo.

+ Boletim de ocorrência: Pedro levou tapas no rosto antes de soco


Pablo Fernández, preparador do Flamengo, chega ao Rio — Foto: Davi Barros / ge

Pablo lamentou o episódio e confessou ter reagido da pior forma na situação. O preparador físico reforçou o desejo de se acertar com Pedro em outro momento. (Leia abaixo a íntegra da nota).

+ Agressão de preparador a Pedro deixa situação de Sampaoli em xeque

Na madrugada deste domingo, Pedro passou por exame de corpo de delito após a agressão. O resultado apontou lesões no rosto e na boca, segundo a Polícia Civil de Minas Gerais.

A diretoria do Flamengo dá como certa a demissão do preparador físico e ainda avalia o futuro de Jorge Sampaoli. No início da tarde deste domingo, o treinador se pronunciou pela primeira vez sobre o caso e pregou que “a única solução é a conversa”.

Leia a nota:

"Eu poderia começar essas palavras de mil maneiras, mas a única que realmente faz sentido é pedir desculpas. Ao Pedro, aos colegas, aos trabalhadores e ao Flamengo.

Entrei no vestiário muito chateado, querendo resolver logo a situação e fiz errado. Foi planejado que hoje seria um dia de folga. É uma pena, porque eu gostaria de poder, primeiro, falar sobre isso pessoalmente com todos os funcionários do clube. Senti-me muito magoado com uma situação e reagi da pior forma.

Estive pensando sobre o que aconteceu por horas e gostaria de poder voltar no tempo. Mas não se pode. O que existe é o presente e o futuro. Isso é pedir perdão e tentar novamente. Todas as vezes que for necessário. Lamento e gostaria de corrigir.

A alta competição geralmente tem coisas que nos fazem mal. Situações de alto estresse que nos fazem reagir e pensar mal. Não pretendo situar esse contexto como uma desculpa, mas como uma explicação.

Definitivamente, se eu tivesse divergências com o Pedro deveria tê-las resolvido em outro momento e de outra forma. Vou tentar fazer isso acontecer. Vou trabalhar para mudar e ser melhor."

https://twitter.com/venecasagrande/status/1685698806216523777

https://twitter.com/CuriosidadesBRL/status/1685508850089185280

Surra de piroca?

rpz o murro foi certeiro

agora ta demitido

Logo o Pedro

Ele é um amor de gente

tópico subcelebridades

pedro subcelebridade onde kk

O Flamengo demitiu Pablo Fernández, preparador físico que agrediu o atacante Pedro com um soco no rosto, no vestiário da Arena Independência, em Belo Horizonte, logo após a vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG. O argentino foi comunicado da decisão no começo da noite deste domingo. A direção ainda terá uma reunião com Jorge Sampaoli para definir o futuro do treinador.

O clima era de saída mesmo antes da delegação retornar para o Rio de Janeiro. Pablo ficou em Belo Horizonte para prestar depoimento na delegacia, assim como Pedro, que também precisou fazer exame de corpo de delito para registrar o caso.

Vibe Avenida Brasil

O técnico vai cair

Só agora entendi que ele apanhou porque o preparador mandou ele pro aquecimento e ele não quis kkkk sinceramente não simpatizo com ele nesse caso, o clube tá certo de multá-lo, moleque mimado

A felicidade