GENTE? Professora admite ter beijado aluno de 14 anos e "querer transar com ele" em mensagem

Uma professora de artes da escola municipal Vereador Felipe Avelino Moraes, em Praia Grande, litoral de São Paulo, foi demitida após admitir ter beijado um estudante de 14 anos do 9º ano do ensino fundamental.

O caso veio à tona quando a docente compartilhou detalhes do ocorrido por mensagem de texto com uma aluna, afirmando explicitamente seu desejo de “transar com ele”.

A mãe da aluna, ao receber a denúncia, reportou o caso à diretoria da escola, resultando na demissão da professora por má conduta. No entanto, o desfecho desencadeou uma série de eventos perturbadores, culminando em agressões contra o adolescente beijado e sua amiga.

A situação se agravou quando a diretora da escola permitiu que a professora tivesse acesso à identidade da denunciante. Isso levou a ameaças direcionadas à estudante e seu amigo, culminando em uma agressão física. Três alunos, incluindo o jovem que alegadamente foi beijado pela professora, atacaram o adolescente, resultando em sua hospitalização devido aos ferimentos.

A Prefeitura de Praia Grande afirmou que tomará medidas de conscientização para os estudantes, visando evitar futuros incidentes. Enquanto isso, a comunidade escolar enfrenta o desafio de lidar com as repercussões de um incidente que expôs fragilidades na gestão da situação por parte da escola, levantando questões sobre a segurança e o bem-estar dos alunos. O G1 tentou contato com a professora acusada, mas sem sucesso, e aguarda mais informações sobre as investigações por parte da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP).

Gente, são tantos absurdos nessa história, professora beijando aluno, contando pra outra aluna que ela considera amiga? os outros alunos indo bater na menina que denunciou

10 curtidas

Oi? Q? Olha a mensagem que essa vaca mandou pra aluna e a diretora ainda tentou encobrir q loucura

2 curtidas

A professora gritando imaturidade e falta de noção fofocando com aluna como se fosse best friend

4 curtidas

É só o que acontece, gente. Poudry.

Velha doente.

Nao e possivel q essa professora tenha mais de 18 anos

Que nojo dessas mensagens, a aluna mega constrangida e a professora toda tidinha falando como se tudo fosse normal e ela tivesse a idade deles, bizarro

4 curtidas

Mas gente, essas conversas do whatsapp tem indícios de serem fakes, reparem nos horários

a conversa pqp
podre

Será que a pedofila escolheu a carreira já pensando nisso?

Não é fake

A Prefeitura de Praia Grande afirmou que tomará medidas de conscientização para os estudantes, visando evitar futuros incidentes. Enquanto isso, a comunidade escolar enfrenta o desafio de lidar com as repercussões de um incidente que expôs fragilidades na gestão da situação por parte da escola, levantando questões sobre a segurança e o bem-estar dos alunos. O G1 tentou contato com a professora acusada, mas sem sucesso, e aguarda mais informações sobre as investigações por parte da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP).

Essa “professora” é uma doente

se isso viralizar é capaz de mt gente defender ela, todo caso de pedofilia envolvendo mulher ficam dizendo q o menino é “sortudo”

4 curtidas

chocada com a professora, a mulher totalmente pervertida e sem profissionalismo nenhum

E ainda a bonita da diretora revela quem denunciou. Olha a falta de tato dessa chorume.

1 curtida

a professora agindo como se fosse uma aluna e da idade deles…

4 curtidas

nojeira do caralho
no mais, é uma mulher adulta escrevendo essas mensagens do whatsapp? professora? pelo amor de deus, q r-word pqp

4 curtidas

Pelo que eu entendi a diretora não quis encobrir, ela recebeu a denúncia e deixou quem denuciou vazar para a professora, óbvio que isso é um erro!

a professora tidinha pqp

deve ter feito licenciatura pq não conseguiu amadurecer e sair do ambiente escolar