Globo define Zileide Silva como substituta de César Tralli no Jornal Hoje

Depois de dois anos distante da bancada do Jornal Hoje, Zileide Silva voltará a comandar o telejornal da Globo a partir de abril. Ela foi escolhida pela diretoria de Jornalismo para ser a substituta imediata de César Tralli no comando do telejornal em seus períodos de férias e ausências prolongadas e, além disso, também voltará a estar no rodízio de apresentadores aos sábados e feriados já a partir do próximo mês. Curiosamente, a jornalista foi a última profissional não baseada em São Paulo que comandou o noticioso antes da proibição de viagens, em 14 de março de 2020.

A volta da escalação de profissionais de outras cidades para ancorarem o Jornal Hoje faz parte do processo de retomada gradual das atividades normais da líder de audiência: depois que grandes cidades iniciaram o processo da “volta da vida normal”, a emissora também decidiu acabar gradativamente com os processos feitos desde 2020. Além do rodízio no telejornal vespertino, o Jornal Nacional também voltará a contar com apresentadores de fora do Rio de Janeiro a partir de abril, mês em que o canal também intensificará a volta de vários profissionais ao trabalho presencial.

O TV Pop apurou que a escalação de Zileide Silva como substituta imediata de César Tralli foi fruto de uma pesquisa interna que constatou um distanciamento do público feminino do jornalístico nos últimos meses. Desde a transferência de Maju Coutinho para o Fantástico, há cinco meses, nenhuma mulher foi convocada para apresentar o noticioso. Desde então, os reservas do marido de Ticiane Pinheiro eram apenas homens: Alan Severiano, Roberto Kovalick e Rodrigo Bocardi se revezavam em suas ausências. Do trio, apenas Severiano seguirá na nova formação de substitutos.

A reestreia de Zileide no Jornal Hoje está prevista para acontecer na edição de 2 de abril: ela será a responsável por reabrir o rodízio de apresentadores do telejornal, que voltará a contar também com as presenças de Fábio William (ausente desde 15 de fevereiro de 2020) e Marcelo Cosme (comandou o noticioso pela última vez em 8 de fevereiro de 2020). Kovalick e Bocardi, por sua vez, deixam o time de plantonistas do formato vespertino e voltam a dar expediente na escala de substituições do Jornal Nacional, que também será retomada a partir de abril.

Adoro a Zileide, escolha acertada.

nossa, pior que minha vó e minha mãe realmente não gostam dele kkkkkkk

Zileide devia estar no rodízio do Jornal Nacional, amo a lenda

3 curtidas

Também gosto, acho que ela é a cara do JN, tem uma imagem que passa credibilidade

1 curtida

Ai, pode levar o Tralli embora, que homem insuportável. Ainda bem que saiu do SPTV.

Lenda, tenho lembranças dela de qdo eu era novinho. Tem até meme dela toda perdida. <3

2 curtidas

Lenda que pagou o maior mico da história do JH

1 curtida

Acho que o seis e onibus e mto pior kkk ela fica em segundo