GUILHERME CABRAL: Ator de Nos Tempos do Imperador aposta em ódio a Luísa para se dar bem

Filho de Luísa (Mariana Ximenes) em Nos Tempos do Imperador, Guilherme Cabral aposta que terá uma boa aceitação do público ao entrar na reta final da novela das seis da Globo. O ator acredita que, pelo fato de a condessa de Barral ser rejeitada pelo público, Dominique ganhará os telespectadores. O jovem despreza a mãe por ter sido deixado por ela na Europa ainda pequeno.

“Acho que vão [entender a raiva dele]. Eu acompanho as redes sociais e vejo as pessoas reclamando da condessa, vejo que quando ela fala sobre o Dominique, [o público] não gosta. Leio as pessoas questionando por que ela não foi [para a França] com o filho. Então, Dominique vai fazer com que o público se sinta feliz, vai ser legal”, diz o ator ao Notícias da TV.

A antipatia geral pela personagem vivida por Mariana Ximenes acontece por conta do relacionamento da nobre com dom Pedro 2º (Selton Mello). O casal de amantes está junto desde o começo da trama, e Teresa Cristina (Leticia Sabatella) é obrigada a lidar com infidelidade do marido. Ao contrário da mãe de Dominique, a imperatriz é querida pela audiência.

A relação com o primogênito também fez Luísa perder pontos com o público. Após descobrir o caso da mulher, Eugênio (Thierry Tremouroux) quis se mudar para a Europa e levou Dominique a tiracolo. Ele alegou que o pequeno poderia ter uma melhor educação na França, e a preceptora da princesa Isabel (Giulia Gayoso) concordou com a decisão.

No capítulo desta terça-feira (18), Dominique voltará ao Brasil ao lado de Luísa após o pai ter morrido. Rebelde, o jovem não aceitou ter ficado tanto tempo longe da mãe e ainda a punirá por conta do caso com o imperador.

Em 2017, ator fez Gabriel de Pega Pega

Trama repetida

Com um currículo expressivo no audiovisual, Guilherme Cabral já interpretou outro adolescente com sérios problemas maternais. O ator viveu Gabriel em Pega Pega (2017), e seu personagem tinha vários embates com a mãe Raquel (Mayara Lepre) por não concordar com a vida levada por ela.

De volta às novelas no folhetim das seis, o intérprete explica que pegou aspectos do seu papel da trama de Claudia Souto para levar ao Brasil Imperial do século 19:

Meu personagem [em Pega Pega] tinha essa raiva da mãe por conta da criação dela, que não foi das melhores. Acho que esse trabalho me ajudou, completamente, para fazer o Dominique. Foi um papel que eu peguei várias coisas e trouxe para ele.

Mariana e Guilherme em gravações da novela

‘Novo normal’ da atuação

Escalado no período da pandemia, Cabral também viu o processo de disputa por um papel na dramaturgia mudar. Se antes ele precisava passar pelos Estúdios Globo para conhecer os produtores e mostrar seu trabalho, o adolescente fez tudo no conforto de casa para estar na novela das seis.

O ator, inclusive, até prefere mandar um vídeo do que encarar os preparadores de elenco. “No presencial, eu tenho aquela pressão, né? Eu acho que fazer em casa tem esse lado bom [da tranquilidade]. De poder ser você e dar o seu melhor. Acho que esse é o ponto principal”, contou.

A estratégia deu certo para o ator, que também pôde ter contato com vários nomes consagrados durante as gravações de Nos Tempos do Imperador. Entre eles, Alexandre Nero, Mariana Ximenes e Leticia Sabatella.

“Quando eu soube que ia fazer o Dominique, já sabia do elenco. Então, fiquei ansioso pra começar a gravar, conhecer todos e confesso que estava nervoso. Quem não ficaria pra conhecer a Mari? Mas depois que eu a vi, ela foi muito simpática e delicada”, finalizou.

Nos Tempos do Imperador se passa cerca de 40 anos depois dos acontecimentos da novela Novo Mundo (2017). O folhetim terminará no próximo mês, dando lugar à exibição de Além da Ilusão, protagonizada por Larissa Manoela e Rafael Vitti.