Há exatamente dois anos, Lula deixava sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba: #LulaLivre

São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva completa dois anos de sua liberdade nesta segunda-feira (8). Em 2019, ele deixou a prisão política, decretada pelo ex-juiz Sergio Moro, em Curitiba, onde permaneceu durante 580 dias.

Desde o fim do cárcere, Lula foi 21 vezes em processos na Justiça e comprovou o lawfare de que foi alvo. A vitória mais emblemática aconteceu no Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou quatro ações contra ele movidas no âmbito da Operação Lava Jato ao declarar Moro parcial e suspeito.

Em outros 17 casos já julgados fora da 13ª Vara Federal de Curitiba, onde Moro atuava, Lula foi absolvido ou teve as denúncias arquivadas. Hoje, a um ano da disputa presidencial de 2022, o petista lidera as pesquisas presidenciais, vencendo todos os potenciais adversários no segundo turno, incluindo o atual presidente da República.

O ex-presidente deixou a prisão em Curitiba após decisão do STF contrária à prisão após condenação em segunda instância. Por volta das 17h daquele dia 8, Lula deixou a Superintendência da Polícia Federal, agradeceu os militantes do acampamento Lula Livre e discursou no local.

Celebração da liberdade

Por meio das redes sociais, parlamentares e apoiadores do ex-presidente Lula celebraram os dois anos da conquista de sua liberdade. No Twitter, duas hashtags foram levantadas na manhã de hoje: #AVerdadeVenceu e #2AnosLulaLivre.

A deputada federal Natalia Bonavides (PT-RN) lembrou das vitórias obtidas na Justiça. “O presidente Lula ficou 580 dias preso injustamente. Dois anos após reconquistar sua liberdade, Lula já foi vitorioso contra 21 das acusações e processos absurdos movidos contra ele. Seguimos na luta contra a perseguição!”, tuitou.

O também deputado Padre João (PT-MG) ressaltou a liderança do ex-presidente nas pesquisas eleitorais. “Celebramos neste 08/11, dois anos da liberdade de Lula. Dois anos que a verdade venceu a mentira, que a justiça corrigiu um erro crasso e que a esperança foi retomada. Lula está mais que preparado e com vontade de sobra para reconstruir o Brasil!” disse.

A prefeita de Juiz de Fora (MG), Margarida Salomão (PT), dedicou seu bom dia ao ex-presidente e afirmou que esta segunda-feira é para reconhecer a inocência de Lula e o desmascaramento dos crimes cometidos por integrantes da Lava Jato.

“Os crimes cometidos contra Lula feriram gravemente a democracia brasileira. É inaceitável que um líder popular seja perseguido como ele foi, e perseguido politicamente por um aparato do Estado. Algo tão grave quanto o golpe contra Dilma e as ameaças autoritárias de Bolsonaro. A luta pela inocência e pela liberdade ultrapassa o restabelecimento da verdade dos fatos e a defesa da história e da importância de Lula para o país. Trata-se de defender a própria democracia e seus princípios de justiça, ética e respeito. Viva a democracia e viva Lula”, comemorou.

Documentário

Ainda hoje será lançado o documentário Lava Jato: um cupim contra o Brasil , sobre os danos causados pela operação Lava Jato à economia brasileira, com o desmonte de setores importantes que eram grandes geradores de empregos. O filme revela como a operação foi decisiva para a formação da crise que vivida hoje no país.

O documentário vai ao ar às 19h, por meio de uma ampla rede de veículos e canais de movimentos populares, articulada pelo Comitê Nacional Lula Livre Brasil Livre. Além de entrevistas com especialistas no assunto, como o ex-coordenador da Federação Única dos Petroleiros (FUP) José Maria Rangel, o documentário conversa diretamente com famílias que tiveram sua vida alterada economicamente nos últimos anos.

A narração fica a cargo do ator Antônio Grassi, ex-presidente da Funarte e ex-secretário estadual de Cultura do Rio de Janeiro.

4 curtidas

O dia que o Brasil voltou a ter esperanças @Esquerdistas

6 curtidas

Meus Deus, parece que foi ontem. Até saí pra bebemorar nesse dia

1 curtida

nossa eu lembro exatamente aonde eu tava no dia, foi muito bom

Foi um marco, a espuma da direita foi impagável

Cadê meu Lulinha pra fazer o povo feliz de novo?

Até a pandemia já vai comemorar dois anos, amigo
Passou muito rápido

O alívio que foi, um sopro de esperança…

3 curtidas

Não dá p/esquecer da injeção de esperança q gerou no país inteiro nesse dia (menos no bolsonarismo e suas VARIANTES, lógico)

Lula gerou 3 MILHÕES de menções no twitter e ficou várias horas no topo dos tts mundiais até o dia seguinte

Lembro tb q no meu bairro passou um carro tocando o jingle q seria da campanha dele em 2018 (“O Brasil Feliz de Novo”)

Imagine oq num deve causar na vitória dele em 2022

1 curtida

da cadeia pra rampa do planalto

Eu lembro de sair no centro pra beber e o povo tudo de vermelho nos barzinhos

Esse dia foi iconic demais

1 curtida

nossa eu bebi tanto esse dia com meus amigos

1 curtida