Hadballa reflete sobre sua participação no ‘Power Couple’ e detona Mussunzinho

Em entrevista exclusiva para a coluna, Hadson Nery, o Hadballa, analisa sua trajetória no “Power Couple 6″, reality de casais que participou ao lado de sua esposa, Eliza. Ele conta que está tendo um retorno positivo de sua participação no game.

“Depois que eu saí, eu tive uma impressão muito boa do que Eliza e eu fomos lá dentro. Eu sabia que eu tinha que quebrar muitas barreiras, como a condenação que me colocaram por causa da minha participação no BBB”, disse Hadballa.

Ele conta que conseguiu diminuir a rejeição que o público tinha com ele. “As pessoas passaram a me ver da maneira como eu sou. Estou tendo um retorno muito positivo. Estou muito feliz com as mensagens, com a receptividade. Posso dizer que hoje minha rejeição caiu para 20%. A galera viu que as pessoas verdadeiras combinam mais com os telespectadores que estão assistindo o reality”.

Apesar disso, o ex-jogador de futebol não se orgulha de todas as suas atitudes no “Power Couple”. “Mas foi de verdade, teve que acontecer e eu jamais faria personagem para entregar aquilo que a gente entregou”, declara.

Hadson fala também sobre Brenda Paixão e Matheus Sampaio, com ele e sua Eliza tiveram diversos barracos, mas acabaram se entendendo. “A gente teve um embate de jogo. Eles entraram com os argumentos deles, a gente não concordou, conflitou e depois se permitiu. O Matheus mesmo tendo um embate, havia uma cordialidade. O problema foi mais com a Brenda, mas quando a gente se permitiu foi do jogo também, foi natural. Uma vez no café da manhã trocamos uma ideia e nos acertamos”, recorda.

Ele explica que ainda não conversou com Brenda e Matheus fora da casa, mas não descarta uma amizade com eles. “Além do jogo, não tivemos problemas, e aqui fora muito menos. Se for do agrado deles, podemos ser. Cumprimentamos eles na final, mas não tivemos ainda oportunidade de falar aqui fora”, comenta.

Hadballa ainda falou sobre a rivalidade com Karoline Menezes e Mussunzinho. O casal passou de aliado para rival na reta final do jogo. Questionado se existe uma possibilidade de reaproximação, o ex-BBB soltou o verbo.

“Mussunzinho foi safado e covarde além do jogo. Ele errou como pessoa. Karol então nem se fala com a Elisa. Ela ainda está se recuperando, porque ela se entregou muito na amizade com as meninas. Ela se frustrou. Mussunzinho não foi homem de assumir tudo que falou comigo ali na externa, quis jogar isso para dentro da casa. Eu fiquei chateado com a produção por ter deixado trazer uma conversa de fora. É uma palavra contra outra. Ele usou de má-fé, foi safadeza e covardia. Não quero ver nem pintado de ouro. Se eu ver ele de um lado da calçada, eu atravesso para o outro”.

Ele admite que toparia participar de outro reality show. “Depender do cachê”. Indagado, se caso encontrasse Mussunzinho, ele responde: “Ia ser tiro, porrada e bomba”.

Perdedor