'Hoje, leio todos os meus contratos, assino tudo', diz Larissa Manoela

Há quantos anos você conhece Larissa Manoela? A atriz tem só 23, e como estreou na TV muito cedo, o público a viu crescer, amadurecer e casar. É quase como se a conhecêssemos a vida inteira —e talvez seja mesmo.

“Sempre tive o sonho de casar e ser mãe. Mas essa segunda parte ainda está longe de se tornar realidade”, disse em entrevista exclusiva à Universa. Ela trocou alianças de forma bem intimista em dezembro de 2023, com o também ator André Luiz Frambach, 27. E só depois dividiu alguns cliques com os fãs pelas redes sociais.

Aliás, se você faz parte dos mais de 54 milhões de seguidores que Larissa tem no Instagram já sabe: a atriz ama malhar e divide detalhes de seus treinos com quem a acompanha. Embaixadora da Puma, ela curte musculação, mas está despertando seu lado corredora com o objetivo de cuidar de sua saúde. Lari foi diagnosticada com endometriose em 2020.

Para a reportagem, ela abriu o jogo sobre a vida de casada e de empresária —e sobre os desafios que enfrenta nesta nova fase.

![Larissa Manoela em campanha para Puma - Puma|1x1](data:image/svg+xml;charset=utf-8,%3Csvg xmlns=‘http%3A//www.w3.org/2000/svg’ xmlns%3Axlink=‘http%3A//www.w3.org/1999/xlink’ viewBox=‘0 0 7 7’%3E%3Cfilter id=‘b’ color-interpolation-filters=‘sRGB’%3E%3CfeGaussianBlur stdDeviation=‘.5’%3E%3C/feGaussianBlur%3E%3CfeComponentTransfer%3E%3CfeFuncA type=‘discrete’ tableValues=‘1 1’%3E%3C/feFuncA%3E%3C/feComponentTransfer%3E%3C/filter%3E%3Cimage filter=‘url(%23b)’ x=‘0’ y=‘0’ height=‘100%25’ width=‘100%25’ xlink%3Ahref=‘data%3Aimage/jpeg;base64,/9j/4AAQSkZJRgABAQAAAQABAAD/2wBDABALDA4MChAODQ4SERATGCgaGBYWGDEjJR0oOjM9PDkzODdASFxOQERXRTc4UG1RV19iZ2hnPk1xeXBkeFxlZ2P/2wBDARESEhgVGC8aGi9jQjhCY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2NjY2P/wAARCAAHAAcDASIAAhEBAxEB/8QAFQABAQAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAT/xAAeEAACAgEFAQAAAAAAAAAAAAABAgADIQQFEhMiMf/EABUBAQEAAAAAAAAAAAAAAAAAAAME/8QAGBEAAwEBAAAAAAAAAAAAAAAAAAIRASH/2gAMAwEAAhEDEQA/AKLtmI0yUqaQFUHs4emPzOIiJA9ojJnD/9k=’%3E%3C/image%3E%3C/svg%3E)Larissa Manoela em campanha para Puma - Puma

Larissa Manoela em campanha para PumaImagem: Puma

Universa: Seu Instagram é cheio de fotos de você malhando. Você gosta de se exercitar ou enxerga como uma necessidade para a vida ser saudável?
Larissa Manoela:
Eu amo. Percebi que me dava prazer. Sempre tento colocar algo na minha rotina. Pode ser algo com mais intensidade, ou mais leve, como ioga. Não importa, faço de tudo. Essa é a minha válvula para liberar energia, que tenho de sobra. Para mim é essencial para o corpo não ficar somatizando o que a gente pensa ou passa. Às vezes, precisamos dar aquele gás e liberar essa energia. Amo, amo, amo exercícios. E meu marido é meu parceiro. Malhamos juntos e ficamos ajudando um ao outro.

E o que você gosta mais de praticar?
Gosto de fazer exercícios de cárdio e adoro dançar, queria fazer mais. Agora vou aumentar um pouquinho da quantidade na minha rotina por conta do musical “Noviça Rebelde” que vou fazer. Gosto de musculação, mas sem grandes impactos. Frequento muito um espaço de crossfit e, apesar de não fazer os exercícios comuns por lá, uso os fundamentos da prática no meu treino.

E como você fez para que os exercícios se tornassem parte da sua rotina? É difícil começar?
Isso sempre foi parte da minha vida. Confesso que na época da escola era uma negação, mas perto dos 14 anos fui buscar algo que gostava e fosse adequado para a minha idade. Fazia alongamento, aulas de jump, que são aquelas com cama elástica, e alguns exercícios de força. Sou feliz porque tenho esse hábito hoje em dia. Se não me exercito, parece que minha semana não foi completa, sabe?

Estou começando a correr também. Não gostava, mas estou tentando treinar na esteira e até dentro do condomínio. E também faço por indicação médica. Tenho endometriose e me manter ativa ajuda a controlar a doença. A saúde vem sempre em primeiro lugar e mantenho esse acompanhamento. Mas não sou profissional, longe disso.

Tenho uma amiga que sempre diz que looks bonitos ajudam na hora de se manter incentivada para ir para a academia. Você concorda?
Sim, eu gosto muito de montar um look do dia para o treino. Essa inspiração ajuda no processo de ir à academia. Eu amo fazer quebra-cabeça com minhas peças e tênis para me motivar. Isso faz toda a diferença, concordo com a sua amiga.

Você se casou recentemente e de forma bem intimista. Sempre sonhou em comemorar dessa forma já que passou sua vida toda em frente aos holofotes?
Sempre tive o sonho de casar e de ser mãe. Sei que essa segunda parte ainda está longe de se tornar realidade. Eu e o André [Luiz Frambach, marido da atriz] contamos nossa história de uma maneira única e especial.

Conforme o tempo passa e ficamos mais maduros, nossas prioridades mudam. Buscamos transformar momentos especiais em únicos. Conversamos muito e queríamos esse momento de alegria para celebrar nossa união e selar esse ciclo de namorados e começar um como marido e mulher. Decidimos por essa cerimônia intimista, mas como vivemos uma vida pública, sentimos que tínhamos a missão de comunicar essa alegria nas nossas redes sociais. Até acharam que era publicidade, mas era verdade!

Gosto de comemorar todas as fases da minha vida. E com tanta gente que nos acompanha, tivemos a vontade de mostrar para o nosso público que escolhemos nosso amor. Somos muito felizes com a maneira com que vivemos isso. Foi perfeito para nós.

Qual a melhor parte de estar casada? E a mais difícil?
Olha, apesar de saber que existem dificuldades na vida a dois, moramos juntos há mais de um ano e nossa relação fica cada vez melhor. Nós nos conhecemos bem, conversamos muito e temos liberdade para falar sobre o que a gente deseja na vida, seja pessoal ou profissional.

Nós escolhemos estar juntos todos os dias, não estamos ali por obrigação. Sou muito grata por dividir meus dias com ele. Claro que aparecem desafios no meio do caminho, mas há muita alegria, companheirismo, diversão e respeito.

Atriz Larissa Manoela se casou ontem com André Luiz Frambach - Reprodução/PlayPlus

Atriz Larissa Manoela se casou com André Luiz FrambachImagem: Reprodução/PlayPlus

Você tem só 23 anos. Acredita que essa maturidade, de se sentir pronta para um casamento, vem da responsabilidade que você carrega de sua carreira desde criança?
Acredito que desenvolvi, sim, uma maturidade desde muito cedo. Afinal, sou mulher. A gente já nasce com esse senso. Começar a trabalhar jovem fez com que eu amadurecesse, mas não sinto que isso atrapalhou meu desenvolvimento e nem me fez atropelar as fases.

Sou uma mulher muito grata, quando olho para trás vejo minha coragem, determinação e foco para tornar meus sonhos reais.

Hoje tenho minha casa, minha família, meus filhos peludos e tenho vontade de ser mãe. Sou muito realizada e almejo chegar mais longe. Nossos caminhos não são lineares. Sou uma mulher de 23 anos, casada, que tem seu próprio negócio e liberdade na vida e na carreira, mas guardo minha essência no coração.

A maternidade então é um plano no seu futuro?
Tenho muita vontade de ser mãe. Faço acompanhamento ginecológico por conta da endometriose e sei que ela não vai me impedir de engravidar, mas não quero adiar muito, por isso tenho que planejar os próximos anos. Não é um plano para agora, mas para daqui cerca de três anos. O tempo passa muito rápido, por isso preciso pensar, assim como mulheres que gerem seus negócios, a longo prazo.

A maternidade precisa entrar nos meus planos, porque tenho desejo de ter uma família grande, mas isso demanda tempo. E quando acontecer, quero desacelerar. Estou ativa o tempo todo, com meus trabalhos e com a empresa. Não quero parar, porque não conseguiria, não sei viver sem minha profissão, mas vou precisar equilibrar as atividades.

Qual foi a parte mais desafiadora de assumir seus negócios sozinha?
Sempre foi um sonho ocupar esse lugar, porque sou muito interessada pelo que acontece nesse universo dos negócios. Para mim, foi uma imersão, o que demanda tempo e é muito desafiador, mas não tenho vergonha de perguntar para aprender e expandir meu campo de visão.

Gosto muito de ouvir a opinião de todos antes de formar a minha. Tenho uma posição de muita responsabilidade e preciso ter esse conhecimento para ocupá-la. Mas sempre me coloco em uma posição de igual para igual com todos, porque acredito que não somos nada sem uma equipe. Gosto de trocar com o meu time e entender o que eles pensam, se estão felizes…

Delego muitas demandas também, porque o meio artístico me consome bastante, mas é o que mais amo fazer. Adoro estar em frente às câmeras ou no palco. E agora gosto de saber o que rola por trás de tudo isso.

Leio todos os meus contratos, assino tudo, posto nas minhas próprias redes sociais, faço minhas legendas, escolho as fotos. E tudo de maneira muito especial. Vejo que o reconhecimento que recebo é um esforço do trabalho em equipe.

A sua atitude de bater no peito e decidir cuidar de suas empresas sozinha foi muito corajosa. Que conselho você daria para mulheres que querem assumir as rédeas de seus negócios e suas vidas?
Quando penso na Larissa criança queria dizer ‘acredite em você que isso dá certo’. Sei que parece abrangente, mas estou falando de algo que é acreditar com a alma.

Já duvidei de que era capaz, às vezes, ficamos em negação. Precisamos acreditar e unir as forças internas para seguir adiante. Às vezes, tudo o que você precisa é respirar fundo, enxugar as lágrimas e entender o que está rolando por dentro. Nada vai cair do céu, tá? Termos que fazer por onde conseguir nossos objetivos.

Por isso digo que vai ser desafiador, acontecerão algumas provações, mas isso vai transformá-la. Sair da nossa zona de conforto mexe com a gente e você vai carregar todas as feridas, mas elas vão cicatrizar. E você vai lembrar daquela marca como algo que já passou. A dor transforma.

a taylor swift assim depois de levar uma rasteira do scooter