Homem é preso após matar esposa, concretar corpo e guardá-lo dentro de geladeira

Um homem de 38 anos foi preso em flagrante, neste sábado, após matar a esposa e concretar o corpo dela, no bairro Sulbrasileiro, na rua Pinheiro Machado, em Osório, no litoral Norte. Ele foi detido após ter se apresentado voluntariamente à Brigada Militar. Segundo a corporação, o cadáver da mulher foi localizado dentro de uma geladeira.

O boletim de ocorrência destaca que Marcos do Nascimento Falavigna foi até um posto do 8º BPM em Imbé e, inicialmente, não admitiu a autoria do crime. Ele teria relatado aos policiais militares que chegou em casa e encontrou a esposa morta, dentro da geladeira. A vítima foi identificada como Nara Denise dos Santos, de 62 anos.

Após o relato, uma guarnição acompanhou o homem até Osório e adentrou com ele na residência. Conforme o registro, o corpo da vítima havia sido coberto com concreto e as pernas dela estavam cortadas. O interior do imóvel foi descrito como bagunçado e contendo diversas imagens religiosas espalhadas.

A Polícia Civil e uma equipe do Instituto-Geral de Perícias foram acionadas e estiveram no local. O homem foi levado para a DP de Imbé, onde foi interrogado. Durante o interrogatório, ele admitiu informalmente que havia assassinado a companheira.

O suspeito contou que as brigas com a esposa eram constantes e justificou o crime alegando que estava possuído por uma entidade maligna. Segundo o relato dele, a vítima foi morta na quarta-feira.

Ainda de acordo com a confissão do homem, a vítima também estaria possuída por espíritos demoníacos. Ele passou por avaliação médica e foi encaminhado para a Penitenciária Modulada Estadual de Osório.

O criminoso confesso foi indiciado por feminicídio e ocultação de cadáver. Os policiais suspeitam que o corpo foi concretado em uma tentativa de esconder o odor da putrefação. As pernas da vítima foram cortadas para que ela pudesse caber dentro da geladeira. O cadáver foi descrito pelos agentes como ‘bastante machucado’. O resultado da perícia vai determinar como a mulher foi morta.

De acordo com o comandante do 8º BPM, major Luiz César Lima dos Santos, o homem detido aparentava estar em estado de surto e tinha falas desconexas. "Aparentemente, foi um surto psicótico. Mesmo que, no momento em que nos procurou, ele tenha contado uma história diferente do que realmente aconteceu, acabamos descobrindo a verdade. As repostas dele para as nossas perguntas eram ideias desconexas”, afirmou o major.

Marcos do Nascimento Falavigna é proprietário de um delivery de hambúrgueres artesanais, mas também atua como socorrista, cuidador de idosos e líder religioso. Vizinhos relatam que ele vinha apresentando comportamento errático recentemente, como quando agrediu um cão no meio da rua. A reportagem tenta contato com a defesa dele. O espaço permanece aberto.

Gente??? Que horror

Isso é muito triste. Imagina você dedicar seu amor a alguém e do nada ela te mata como se fosse nada.

O perfil do marido

Mamaria?

Monstro

ele com roupas de religião afro brasileira e com icon de ‘‘respeite minha fé’’
os evanjegues vão rechear muito nesse caso

caso esquisito, não duvido ser algum ritual

foto tendenciosa

mal entra na minha cabeça uma pessoa que consegue matar outra, agora alguém que costumava fazer um trabalho de ajudar os outros fazer uma monstruosidade dessas entra menos ainda

Meu deus… sério
Imagine ter sangue frio pra comcretar uma pessoa? Jesus

a escolha da foto