Homem que matou colega de trabalho com retroescavadeira em São Carlos vai a júri popular


Milton César Magalhães e testemunhas foram ouvidos em audiência na sexta-feira (30). Ainda não há data prevista para o julgamento e acusado pode recorrer da decisão.

━━━━━━━━━━━━━━

O operador de máquinas pesadas Milton César Magalhães, de 44 anos, acusado de acusado de ter assassinado com uma retroescavadeira o colega de trabalho Iébel Garcia, de 41, vai a júri popular. O crime aconteceu em março deste ano, em São Carlos (SP).

A decisão foi tomada após a audiência de instrução, realizada 2ª Vara Criminal, na sexta-feira (30). Magalhaes irá responder por homicídio qualificado, com agravantes de motivo torpe, emprego de meio cruel e emboscada.

Ainda não há data prevista para o julgamento e o acusado pode recorrer da decisão.

Matou com retroescavadeira

Magalhães e Garcia eram funcionários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de São Carlos. O crime aconteceu no dia 22 de março, no Jardim São Paulo, perto de uma unidade da autarquia e foi registrado por câmeras de segurança.

Nas imagens, Silva chega de moto e é atingido por uma retroescavadeira dirigida por Magalhães. Após a vítima cair no chão é atropelada. O acusado ainda usa a concha da retroescavadeira para atingir a vítima várias vezes.

Prisão

Após o crime, Magalhães fugiu do local com a retroescavadeira, que foi encontrada no bairro Azulville. Ele se entregou à polícia cinco dias após o crime e alegou que agiu em legítima defesa.

“Ele alegou que estava sendo ameaçado e na hora que ele jogou a pá ele ficou com medo que o cara estava indo na direção dele e achou que estava armado. Falou que na hora do fato ele perdeu os sentidos, não sabia o que estava fazendo, desmaiou posteriormente e acordo achando que o rapaz nem estava morto", afirmou o delegado Caio Gobato.

Na época, Magalhães se disse arrependido e chorou bastante. Ele está preso desde o dia 27 de março.

Milton César Magalhães se entregou a polícia dias após matar um colega de trabalho do Saae de São Carlos com uma retroescavadeira — Foto: Renan Ciconelo/EPTV
Milton César Magalhães se entregou a polícia dias após matar um colega de trabalho do Saae de São Carlos com uma retroescavadeira — Foto: Renan Ciconelo/EPTV

Brigas

O réu e a vítima já haviam brigado em 2014, segundo segundo o Saae. Os dois funcionários foram punidos com suspensão de 30 dias após sindicância. O motivo da discussão não foi divulgado.

Funcionários da autarquia relataram que os dois tiveram outras discussões desde então, até com uso de canivetes.

O corpo de Garcia foi velado em São Carlos e depois sepultado em São João Batista do Glória (MG).

━━━━━━━━━━━━━━

Homem que matou colega de trabalho com retroescavadeira em São Carlos vai a júri popular

Esse homem deve apodrecer na cadeia

Oque ele fez foi horrível

Gente???

Que loucura

mds que loucura

1 curtida

Que horror

o video é um horror

Gente

Onde tem?

Meu Deus achei pqp

Cadê o video

o povo pedindo o gore de volta

Meu primo pediu

O código penal brasileiro deveria ter algumas reforma
Eu penso que o modo que ele mato, nem se encaixa numa qualificadora de meio cruel. E mesmo que se encaixe vai gerar 2 ou 3 anos a mais só.

joga retroescavadeira morte no google é o 2 link

O vídeo tem no site do G1, não quis colocar aqui KKKKK

nossa que horror, muito cruel

nao é possivel que foi a primeira vez que ele matou alguem, ja deve ter feito antes

Gente???

Mds e ele foi muito rápido

as brigas recorrentes dentro da empresa, chocado com tudo isso
o video é muito pesado, ele foi bem cruel