IDEIAS À VENDA: Com game show, reality de Eliana foge do rótulo de 'novo Shark Tank'

Nova aposta da Netflix, o reality show Ideias à Venda apresenta uma disputa de empreendedorismo que logo foi comparada à dinâmica do Shark Tank Brasil (Sony Channel). Realizadas pela mesma produtora, as atrações propiciam um espaço para pequenos negócios, mas o programa comandado por Eliana bebe no DNA de um game show para fugir da dinâmica apresentada no “tanque dos tubarões”.

“Tínhamos muito claro em nossas mentes que o Ideias à Venda teria que trilhar um caminho totalmente diferente. Por isso, optamos por um formato de game show, muito diferente do ambiente e da premissa do Shark Tank, mas sem deixar de mostrar a força desses personagens incríveis”, defende Rogério Farah, diretor de Desenvolvimento de Novos Projetos de Entretenimento da Floresta Produções, em entrevista ao Notícias da TV .

Segundo Farah, a experiência no Shark Tank auxiliou no desenvolvimento do Ideias à Venda: “Como já trabalhamos com o empreendedorismo, foi natural nos aventurarmos nesse tema, desta vez em um outro formato, 100% original e brasileiro”.

Produzir o Shark Tank Brasil com certeza ajudou nesse processo, e a principal lição que tiramos dele é que o universo do empreendedorismo é muito rico e repleto de boas histórias. Sabíamos que teríamos um casting [elenco] comprometido 1000% com os seus sonhos”, complementa.

A ideia [do Ideias à Venda] surgiu há quatro anos e, nesse tempo, passou por diversas adaptações. Queríamos trazer uma pitada de game show para o tema do empreendedorismo, mas, ao mesmo tempo, tínhamos a preocupação de apresentar os empreendedores que participam do programa de uma forma em que seus produtos fossem valorizados. Para chegar nesse formato final, foram inúmeras rodadas com a equipe de desenvolvimento interno da Floresta e depois com a Netflix.

O diretor destaca a escalação de Eliana para o comando do reality: “Além de ser uma grande apresentadora, ela também é uma grande empresária. Dessa forma, foi natural o nome dela estar na nossa lista de desejos para apresentar o Ideias à Venda. Desde o início, ela se mostrou bem à vontade em fazer parte do projeto, já que pela primeira vez ela pôde mostrar em um só programa esses dois talentos ao mesmo tempo”.

“Eliana é uma apresentadora muito envolvida no projeto e conseguiu trazer uma grande dose de entretenimento para esse universo do empreendedorismo, se divertindo e mostrando as histórias dos empreendedores de maneira brilhante”, reforça.

Reality no streaming

Rogerio Farah, diretor da Floresta

Rogerio Farah, diretor da Floresta (Divulgação)

De acordo com Farah, uma das principais diferenças sentidas pelas empresas na hora da produção de realities para serviços de streaming é a questão do tempo de desenvolvimento destas atrações.

“Normalmente, para as plataformas de streaming, especialmente as estrangeiras, existe um processo de preparação e entrega dos episódios de cada projeto que é mais longo para se adequar às exigências técnicas de cada plataforma”, comenta. Além do Ideias à Venda, a Floresta já produziu o Soltos em Floripa (Prime Video).

Para os próximos meses, a produtora trabalha em atrações como o reality Túnel do Amor (comandado por Marcos Mion para o Multishow) e a série Rio Connection, produção em parceria com Sony e Globo. Além destes projetos, estão no radar novas temporadas de Shark Tank Brasil, Bugados (Gloob), Se Sobreviver, Case e O Dono do Lar (ambos do Multishow).

Ideias à Venda e Queer Eye Brasil são as primeiras produções da Floresta para a Netflix, e essa tem sido uma parceria incrível! Ideias será o primeiro lançamento, agora, em fevereiro, e certamente será o primeiro de muitos sucessos.

“Entraremos em produção do nosso filme, uma comédia que está incrível, e acabamos de adquirir os direitos de adaptação de dois livros do autor Gustavo Reiz, que também serão transformados em filmes. Tem muito conteúdo de qualidade vindo aí”, adianta Farah.

Ideias à Venda estreia em 9 de fevereiro na Netflix. Confira o trailer: