IRENE RAVACHE: Detenta de Pega Pega, atriz aposta: 'Sonho do brasileiro é ver muita gente na cadeia'

Nem os milhões de dólares em contas na Suíça salvaram Sabine de terminar último capítulo de Pega Pega (2017) atrás das grades. Intérprete da megera, Irene Ravache avalia que a novela das sete lavou a alma do telespectador ao acabar com o sentimento de impunidade que ronda o país --pelo menos na ficção. “O sonho do brasileiro é ver muita gente na cadeia”, dispara.

A atriz ressalta que a autora Claudia Souto puniu exemplarmente todos os delitos, até mesmo os do quarteto que afanou US$ 40 milhões (R$ 210,1 milhões) dos cofres do hotel Carioca Palace, ainda que eles também tenham roubado a cena e caído no gosto popular.

“Eu lembro que durante a trama as pessoas conversavam comigo sobre os ladrões, sentiam pena, mas queriam que eles fossem condenados mesmo assim. O público já tinha comprado a história, entrado na brincadeira, mas ainda prezava pela ética”, explica a veterana ao Notícias da TV.

A vilã, ao contrário, era odiada por ter arrancado Dom (David Junior) dos braços de Madalena (Virgínia Rosa) ainda na infância. Ela se apaixonou pelo menino à primeira vista e aproveitou uma distração de Cristóvão (Milton Gonçalves) para raptá-lo em uma praia --com a desculpa de que lhe daria um futuro melhor na Europa.

“Ela é um poço de bom caráter (risos). Ela sequestra com uma criança, acaba com a felicidade de uma família e ainda tem o discurso de que fez isso por amor. Nada disso, é uma louca. Uma desequilibrada”, aponta Irene.

A milionária só foi responsabilizada na reta final, deixando o caviar de lado para dividir uma quentinha com Lígia (Angela Vieira) no xilindró. A dondoca, aliás, havia sido presa justamente por conta do atentado que matou a mulher de Eric (Mateus Solano), mas que tinha Sabine como alvo.

“Elas terminam juntas, igual um par romântico, caminhando lado a lado com as suas roupas de detentas. Eu acho importante demais ver esses personagens que dilaceraram outros seres humanos serem presos. Sem dúvida, é uma novela que faria sucesso até às 21h”, conclui a artista.

Pega Pega foi exibida originalmente entre 2017 e 2018. A trama voltou em “edição especial” à faixa das 19h porque a Globo adiou a estreia da inédita Quanto Mais Vida, Melhor, que está sendo gravada no Rio de Janeiro com protocolos de segurança devido à pandemia de Covid-19."

https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/novelas/detenta-de-pega-pega-atriz-aposta-sonho-do-brasileiro-e-ver-muita-genteiz-aposta-sonho-do-brasileiro-e-ver-muita-gente-na-cadeia-61760