Jornal polonês avalia show da Renaissance Tour

Bem, a mídia pode não estar no controle, mas agora ela é a rainha do pop global. É por isso que vai além da América, conectando o passado e o futuro.

Hoje, sem exageros, podemos dizer que unificou a cultura americana, principalmente o pop, afinal, Beyonce fez uma síntese das conquistas de Tina Turner, das conquistas dançantes de Madonna ou das conquistas musicais de Prince e suas bandas.

Tour do ano sem comparação

E se a LIZZO falou, ninguém diga nada contra

https://twitter.com/PopCrave/status/1673994370565955584?t=Ax5nsFOpLw-8TnwsHepQqQ&s=19

1 curtida

O acclaim merecido sendo mais icônico e benéfico do que arrecadar 1b

Marcar a história e o imaginário pop eh essencial

Dangerously in Love” Destiny’s Child, z którymi Beyonce debiutowała, rozpoczął jej warszawski show we wtorek. Również w środę fanów czeka bezprecedensowa orgia

Aqui no busão lotado só se fala nessa review desse jornal polonês

meu amigo foi ontem
ele amou chorou muito…

Imagina se ele fosse na Chromatica Ball

Iria sair totalmente deslumbrado com o espetáculo visual

Fico chocada com os beyhive DESESPERADOS pra mostrar a todo custo tudo isso, “tour da decada”, “tour da história” kkkkkkkk muito afetados passo mal.

Quando sair os box e a humilhação vier estarão no ralo kk

Sentiram muito…

nunca chegará perto da rena
e olha q ele eh little

Outras tem os 2: acclaim dos criticos e 1B kkk

Vcs sentiram muito hein :face_with_hand_over_mouth: