JP News foi única a ignorar carta de empresários ao Senado

A JP News foi o único canal noticioso da TV brasileira a não cobrir a entrega da carta em defesa do sistema e do processo eleitoral ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Todos os demais canais interromperam suas programações para cobrir o evento ao vivo.

A carta está assinada por 58 instituições, entre movimentos sindicais, associação de advogados, juristas e bancários, entre outros.

No momento da entrega, a JP News não interrompeu o programa “Prós e Contras”. A emissora não esconde de ninguém que é bolsonarista. Sua equipe de comentaristas, menos ainda.

Porém, em 12 de maio, o Grupo JP divulgou um “editorial” defendendo a democracia no país.

Até a Record News, cujo dono, Edir Macedo, já declarou apoio à reeleição do atual presidente, parou a grade para exibir a entrega.

Veja como ficou a cobertura em cada emissora:

GloboNews - 15h30 às 15h40
CNN Brasil - 15h30 às 15h40
Record News - 15h32 às 15h40
Bandnews - 15h30 às 15h40
JP News - Nada

Outro lado

A coluna procurou e aguarda a assessoria da JP News para que se manifeste, caso queira, sobre esta reportagem.

Explicações, @JP?

Não é novidade

Quem liga pra essa? Flopada do caralho

Mas a JP vive em uma realidade alternativa só ver os vídeos no canal deles no Youtube

Bolsonaro nunca errou, Brasil está decolando para ultrapassar a China e se tornar a segunda maior economia do mundo, desemprego está em 0,1% e nunca caiu uma árvore na Amazônia

0,0001% de audiência importa?

Esse canal é 100% comprado

A nossa Fox News só que com 0.0 de audiência