Juju Salimeni abandona processo e caso ganha reviravolta

Quando dizem por aí que “o mundo não gira, ele capota”, muitas vezes não é um exagero. A coluna Fábia Oliveira descobriu que Juju Salimeni teve um processo judicial, que ela mesma decidiu mover, declarado extinto pela Justiça. E o motivo, meus caros leitores, é bem diferente daquele que provavelmente a grande maioria deve estar levantando como uma possibilidade.

Nós vamos explicar. Juju, que havia ajuizado uma ação contra um hater que a perseguia e a ofendia através das redes sociais, parece ter perdido o interesse em ver o caso resolvido.

A grande questão é que a sentença não é conclusiva no sentido de condenar ou não o réu, Luis Gustavo Figueiredo. Na prática, o processo só foi encerrado porque Juju Salimeni abandonou a causa.

A coluna Fábia Oliveira assume seu perfil jurídico por alguns segundos e te ajuda a entender essa história: um processo não pode ficar mais de 30 dias paralisado por conta do autor. Neste caso em particular, parece que Juju Salimeni optou por deixar a ação guardada e esquecida por tempo o bastante para que o caso fosse encerrado.

Na dúvida, ela foi intimada para movimentar a ação e retomar seu rebolado judicial dentro de cinco dias. Se não o fizesse, o processo seria extinto. Como Juju permaneceu estática, o resultado foi positivo para o réu, que não mais precisa se preocupar com a Justiça.

PUBLICIDADE

Juju Salimeni não terá que arcar com honorários advocatícios, mas precisará pagar as custas processuais, afinal, o abandono de causa se deu por conta dela mesma.

No final do dia, cabe a cada um decidir que batalhas valem ou não a pena lutar, não é mesmo? A nós, cabe a tarefa de compartilhar com vocês, a decisão que as celebridades tomam em seus processos.

Relembre o caso envolvendo Juju Salimeni

Juju Salimeni ajuizou uma ação de obrigação de fazer cumulada com danos morais” contra um internauta, Luis Gustavo Figueiredo. O motivo teria sido algumas publicações ofensivas nas redes sociais. A coluna teve acesso aos autos do processo. Nele, Juju pediu que a ação tramitasse em segredo de Justiça, o que foi negado.

Segundo a ex-Panicat, Luis é um homem com um conteúdo raso em suas redes, que se limita a utilizar o espaço para “destilar veneno contra os outros”. Em um de seus posts, o rapaz associa o uso da imagem de Juju Salimeni com o de uma apresentadora de UFC, dando a entender que tudo o que ela faz é um golpe, mas não no sentido esportivo, e sim de trapaça.

O homem fez algumas postagens julgando os trabalhos feitos pela influenciadora e chegou a dizer que se uma marca tem Juju como garota-propaganda, então trata-se de um sinal de que o serviço “é uma furada”.

Diante da situação, Salimeni pediu uma tutela de urgência para que fosse determinada a retirada das publicações ofensivas das redes do réu, assim como a sua citação para apresentar defesa nos autos. Ela pediu, ainda, uma indenização por danos morais no montante de R$ 25 mil.

Indo além, Juju Salimeni solicitou uma retratação pública, não só nas redes sociais mas também em um jornal da imprensa de grande circulação.

Achei que era a do Pix