Juliana Paes tem projeto de filme sobre Bárbara Penna, que sofreu tentativa de feminicídio e teve 40% do corpo queimado

Juliana Paes está envolvida, junto com o empresário Ike Cruz, num projeto para o audiovisual sobre a vida de Bárbara Penna. Em 2013, ela sofreu tentativa de feminicídio em Porto Alegre e teve 40% do corpo queimado. A própria vítima procurou a atriz pelas redes sociais e disse que, após alguns convites, agora se sente pronta para ver sua história sendo contada nas telas, com Juliana como protagonista. O argumento já foi escrito e começou a ser apresentado a plataformas.

Na época, a jovem tinha 21 anos. O então companheiro, após agredi-la, jogou álcool no corpo dela e pelo chão da casa. Em seguida, ateou fogo. Bárbara correu para pedir socorro pela janela e acabou despencando do terceiro andar do prédio.

Os filhos, Isadora, de 2 anos, e João Henrique, de apenas 3 meses, morreram no incêndio, assim como um vizinho. Bárbara precisou passar por mais de 200 cirurgias plásticas.

Juliana, inclusive, é uma das embaixadoras da ONU Mulheres, que tem como uma de suas pautas a luta pelo fim da violência contra as mulheres.

Em 2013, na época com 19 anos, Bárbara teve 40% do corpo queimado — Foto: Foto: Rafaella Fraga/G1

Em 2013, na época com 19 anos, Bárbara teve 40% do corpo queimado — Foto: Foto: Rafaella Fraga/G1

nossa poderia ser bem interessante contar essa historia

No final vai dedicar o filme à Michele Bolsonaro