Kassab considera apoio do PSD a Lula no primeiro turno: 'Não posso dizer que é impossível'

Após se reunir com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no início da semana, o presidente do PSD, Gilberto Kassab, considerou nesta quarta-feira que o partido pode apoiar o petista no primeiro turno da eleição. Embora ainda resista a abrir mão da candidatura própria, Kassab disse que “não pode dizer que (a hipótese de apoiar Lula) é impossível”.

— Nós temos alguns companheiros que são aliados do PT. Se eu falar que os senadores Otto Alencar (PSD-BA) e Omar Aziz (PSD-AM) e o deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE) não torcem por uma aliança (com o PT) no primeiro turno, eu não estaria falando a verdade. Em respeito a esses companheiros tão importantes não posso dizer que é impossível a gente ter uma aliança em primeiro turno — disse Kassab, que esteve na Câmara dos Deputados, pela manhã.

Anda logo binha da bochecha rosa, se decide.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ele falando a mesma coisa a meses.

Num dia fala que até o Lula vota no Bolsonaro pra ter ele no segundo turno e no outro puxa saco.

Ele não vai fazer isso até Maio pelo menos. O partido é cheio de bolsonarista.

Ele vai esperar a janela partidária pra não perder os principais quadros, que são bolsonaristas

Eu sei, mas ele mesmo ja disse que não vai apoiar o Bolsonaro de jeito nenhum.

Entoar daí ja da pra mandar um recado ao partido.

A questão é o peso da ala bolsonarista. Muito mais fácil eles aceitarem a neutralidade do que Lula no primeiro turno.